Publicado em Deixe um comentário

Melhores alimentos para ganho de massa muscular no almoço

Alimentos e Almoço anabólico para ganho de massa muscularTempo de Leitura: 4 minutos

Nem só de frango e batata doce vive o homem ! 

Em uma dieta para hipertrofia há a necessidade de se fazer refeições mais calórias, com mais carboidratos e proteínas para aumentar a síntese muscular, o que não significa que precisa ser monótona e repetitiva. 

A escolha dos alimentos que vão compor o almoço é primordial para se ter um ganho mais expressivo sem aumentar o percentual de gordura. Dietas muito restritas ou mal formuladas podem causar desequilíbrios nutricionais e metabólicos e por isso a importância de uma alimentação saudável e adequada.

Pensando em ganho de massa e construção muscular, a proteína tem papel fundamental nesse processo, pois é ela que faz a síntese desse processo. E para isso é preciso energia, que é promovida pelos carboidratos. Já a gordura é responsável pelas sínteses dos hormônios anabólicos, e deve-se priorizar as fontes de gorduras boas, como as mono e poli insaturadas. 

Alimentos fontes de proteínas para compor seu almoço :

Fontes de proteína boa
Fontes de proteína boa

Os aminoácidos que compõe as proteínas exercem papel no crescimento e desenvolvimentos dos músculos. Geralmente se calcula 1,5 a 2 gramas de proteínas por quilograma de peso, dividindo essas quantidades nas refeições. 

Carnes :

Frango, carne bovina, carne de porco, peixes .. Todos eles são ótimas fontes de proteínas de alto valor biológico. 

As carnes de boi e de porco devem ser consumidas os cortes com menos gordura possível, pois algumas partes possuem grandes quantidades de gordura saturada que em excesso é danoso a saúde, e também evitar consumir como em frituras e empanados. 

Os peixes geralmente tem pouca gordura, mas alguns como o salmão, o atum e a sardinha possuem uma quantidade maior, porém são consideradas boas porque contém alto teor de ômega 3, que é um potente antioxidante altamente anti-inflamatório. 

Além da proteína, as carnes são as melhores fontes de ferro para se consumir, pois a absorção delas é melhor. Também são fontes de zinco, mineral importante para evitar a fadiga mental e muscular. 

Em média, 100 gramas de carne possui entre 22 a 27 gramas de proteína.

Ovos :

Práticos e nutritivos, os ovos possuem cerca de 6 gramas de proteínas por unidade. Possuem nutrientes essenciais para ajudar nos processos fisiológicos do crescimento muscular como vitamina D, zinco, ferro, colina, vitamina A, selênio, cálcio, fósforo .. 

São ótimos para serem utilizados em receitas como omeletes ou cozidos em saladas, por exemplo. 

Não se deve exagerar no consumo deles pois a gema possui uma quantidade significativa de gordura saturada, em média 5 gramas por unidade, podendo assim utilizar mais a clara e descartar a gema em algumas situações.

Leguminosas :

Feijão, lentilha, ervilha e grão de bico. São ótimas fontes de proteínas vegetais, como também de carboidratos, fibras e vitaminas e minerais como ferro, cálcio, fósforo, vitaminas do complexo B, C e E. 

Alimentos fontes de carboidratos para compor seu almoço :

Fontes de carboidrato bom
Fontes de carboidrato bom

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo. Sem ele em quantidades adequadas, o organismo não consegue produzir toda a massa magra que tem capacidade, o corpo fica debilitado e com pouca energia para os treinos. 

Arroz :

Branco, parboilizado ou integral, ele é rico em carboidratos e pode ser consumido todo dia em diversas receitas diferentes. É rico em cálcio, magnésio, fósforo, potássio, selênio e vitaminas do complexo B. 

Muitos desses nutrientes encontram na parte integral do grão, sendo assim a opção do arroz branco tem menos nutrientes. O arroz integral tem uma maior quantidade de fibras, o que aumenta a sensação de saciedade, podendo isso ser benéfico ou não quando se pensa em ingerir muitas calorias por dia. 

Batata Doce :

O queridinho da dieta é rico em carboidratos, vitaminas A e C, manganês e fibras. É versátil e prático, podendo ser consumido cozido, assado ou em receitas. Outros tubérculos parecidos são o inhame, a mandioca, a batata inglesa, o cará e a mandioquinha ou batata baroa. 

Em 100 gramas de batata doce encontra-se 27 gramas de carboidratos.

Macarrão :

O macarrão é feito do trigo e pode ser encontrado também na versão integral, é versátil e pode ser consumido tradicionalmente ou em saladas e maioneses. 

Rico em carboidratos e fibras, possui em média 30 gramas de carboidratos em 100 gramas.

Também contém cálcio, ferro, vitaminas do complexo B, K e E.

Legumes e verduras :

São imprescindíveis em uma refeição pois são cheios de vitaminas, minerais, antioxidantes e fitoquímicos que ajudam na metabolização de todos esses nutrientes. Eles atuam no transporte dos nutrientes para as células-alvo promovendo uma melhor adaptação ao exercício e ao ganho de massa magra.

Alimentos fontes de gordura boa :

Fontes de gordura boa
Fontes de gordura boa

Azeite :

O azeite possui em sua composição gordura monoinsaturada, ômega 9, vitaminas E,D, A e K, cálcio, magnésio e potássio. A versão extra virgem é ainda melhor pois passa por menos refinamento conservando de maneira mais eficaz seus nutrientes.

Por ser altamente antioxidante e anti-inflamatório, ele ajuda na recuperação das fibras musculares devido as lesões e estímulos causados pelos exercícios, combatendo as inflamações por ele gerado.

Essas gorduras atuam na síntese e regulação dos principais hormônios anabólicos como a testosterona e os hormônios femininos.

Outras opções de substituição pode ser o óleo de abacate ou o óleo de linhaça.

É também a melhor opção para se usar para cozinhar, na hora de refogar os alimentos.

Oleoginosas :

São compostas de gorduras insaturadas e também ricas em proteínas e fibras. São ótimas para compor saladas, massas e até mesmo molhos. 

São fontes de vitaminas do complexo B, zinco, potássio, manganês, ferro, cobre e selênio.

Seus óleos também são utilizados na finalização dos pratos, como com o azeite. 

Publicado em Deixe um comentário

O que comer para ter cabelos mais fortes e saudáveis ?

Alimentos que fortalecem unha pele e cabeloTempo de Leitura: 4 minutos

Seguir uma rotina alimentar balanceada e nutritiva não só beneficia seu corpo, como também terá cabelos mais fortes e saudáveis.

Fazer hidratação e procedimentos que cuidem das madeixas é importante, mas para que se tenha um cabelo mais brilhoso e resistente é necessário nutri-lo de dentro para fora ingerindo alimentos que fortaleçam a estrutura capilar. 

Cuidar da alimentação ajuda a regular o organismo, deixando o corpo mais forte e com uma aparência mais nova, bonita e saudável. E isso também reflete no cabelo, que é um indicativo de saúde da pessoa pois se ele ficar sem brilho, quebradiço e fraco pode ser sinal de que está faltando nutrientes na dieta. 

Para ter um cabelo nutrido e brilhoso deve-se investir em alimentos que o fortaleçam e que contenham antioxidantes para preservar e renovar as células capilares, proteínas para dar estrutura , além das vitaminas e minerais que são essenciais para a saúde das fibras. Elas vão estimular a síntese de queratina, que é a parte principal do fio, e retardar o envelhecimento e proteger dos constantes desgastes provocados por processos químicos, radiação solar, quebra e outros .. 

O que é a queratina do cabelo ?

A queratina é uma proteína composta por 15 aminoácidos, sendo um deles predominantemente a cisteína. Ela promove a impermeabilidade ajudando a reter água e nutrientes dentro das células e promove a resistência, elasticidade e espessura do fio. Ela representa aproximadamente 90% de toda a estrutura dos folículos formando uma camada protetora externa dando um aspecto brilhoso e saudável, porém quando essa camada é agredida por químicas, estresse, má alimentação, ela é rompida e se degrada deixando o cabelo fraco, quebradiço e sem vitalidade. 

A cisteína é o principal aminoácido na formação da queratina associada ao formato e ondulação do cabelo, quanto maior a quantidade de ligações químicas envolvendo a cisteína o fio tiver, mais ondulado ele será. 

Sendo assim, para que o cabelo seja forte e resistente deve-se, além dos tratamentos externos, ingerir alimentos diariamente que contenham nutrientes que aumentam e melhoram a produção de queratina, além de uma boa ingestão de água já que ela compõe cerca de 12% dessa estrutura. 

Cabelo antes e depois da queratina
Cabelo antes e depois da queratina

Quais alimentos ingerir para ter cabelos mais fortes ?

Carnes :

Proteínas são imprescindíveis no cardápio pois compõem a fibra capilar e possuem uma grande quantidade de ferro e vitaminas do complexo B que atuam como coadjuvante na formação 

da queratina. Prefira os cortes mais magros, pois a gordura em excesso aumenta a produção de radicais livres.  

Ovos : 

Rico em aminoácidos, ferro, zinco e selênio e principalmente em biotina que está associada ao crescimento do cabelo quando há problema de queda excessiva e enfraquecimento dos fios.

Peixes :

São ricos em gorduras boas como o ômega 3 e contém a vitamina B1, cálcio, fósforo, ferro e vitamina B12 que ajudam a melhorar a circulação e a oxigenação do couro cabeludo levando mais nutrientes para as células capilares. Consuma Salmão, atum, sardinha ..

Oleoginosas :

Castanha do caju e do pará, nozes, amêndoas, macadâmia, pistache .. Todas elas são ricas de gorduras poli e monoinsaturadas como os ômegas 3, 6 e 9. Elas tem função anti-inflamatória agindo na produção sebácea, tem propriedades emolientes hidratantes e proporciona resistência a oxidação e desidratação. Também é uma boa fonte de biotina e vitamina E, um importante antioxidante que ajuda a neutralizar os radicais livres e retardar o envelhecimento do s fios.

Frutas Vermelhas :

Possui potente ação antioxidante combatendo os radicias livres e o envelhecimento precoce das células. A vitamina C presente, além de ajudar na absorção do ferro, preserva a elasticidade dos fios, melhora a microcirculação do couro cabeludo e previne os danos causados pelo raios UV. Ela também está ligada a hidratação e a prevenção da queda. Consuma morango, mirtilo, cereja, amora, framboesa e jabuticaba.

pele antes e depois da queratina
pele antes e depois da queratina

Cereais Integrais :

Arroz integral, aveia, gérmen de trigo, centeio, cevada .. Eles possuem grandes concentrações de zinco e vitaminas do complexo B que favorece o crescimento e o fortalecimento dos fios. Eles ajudam no controle da oleosidade e na renovação das células capilares.

Semente de girassol e semente de abóbora :

Possuem alta concentração de vitamina E, ferro e L-lisina que ajudam a evitar a quebra e a queda de cabelo.

Vegetais verde escuros :

São ricos em diversas vitaminas como A, C, E e K e minerais como ferro, potássio, magnésio e zinco que favorecem o transporte de oxigênio pelo sangue e a formação do cabelo tornando os fios mais espessos e fortes. A vitamina A interfere na produção de sebo, o que ajuda a manter o couro cabeludo mais hidratado e saudável. 

Alguns também são fontes de enxofre que está presente nas ligações químicas das proteínas que permite que o fio se torne mais resistente.

Banana :

Rica em magnésio, auxilia na produção das proteínas que compõem os fios, além de protegê-lo e promover elasticidade.

Cenoura, abóbora e tomate :

Muito conhecidos pela sua alta concentração de vitamina A e betacaroteno, com ação antioxidante e atua no controle da produção sebácea e da oleosidade do couro cabeludo. A deficiência de betacaroteno está associada a descamação do couro cabeludo, a queda e a dificuldade do nascimento de novos fios. 

O tomate ainda possui muita água em sua composição o que o torna um grande aliado na hidratação e também tem função anti caspa diminuindo a coceira na cabeça.

Alho e Cebola :

São fontes de Cisteína, uma parte importante da composição da queratina dos fios e em quantidades adequadas garante a saúde e a vitalidade do cabelo.

Água :

Muito importante lembrar sempre de beber água e manter-se hidratado, quanto mais água beber, melhorar será a aparência de seus cabelos. Ela circula por todo o corpo levando os nutrientes para cada célula e levando embora as toxinas e resíduos indesejados. Sem ela a absorção dos nutrientes fica comprometida.

Publicado em Deixe um comentário

Ácido Málico: Saiba como ele pode melhorar sua saúde e qualidade de vida!

Tempo de Leitura: 5 minutos

Como todos sabem, alimentos naturais são ricos em fibras, minerais e vitaminas que proporcionam diversos benefícios à saúde de modo geral. Entretanto, além dos já conhecidos micronutrientes, eles podem conter substâncias naturais com propriedades fantásticas, sendo capazes de promover efeitos terapêuticos e até estéticos! Este é o caso do ácido málico!

Você provavelmente deve estar se perguntando “Mas o que é isso?”, mas não se preocupe você não é o único! Infelizmente, a maioria das pessoas desconhece a existência desta substância e seus incríveis benefícios, mas a partir de agora você irá descobrir tudo a respeito do ácido málico! Leia este artigo na íntegra e impressione-se!

O que é?

ácido laico

Vamos à pergunta que não quer calar: “O que é esse tal de ácido málico?” Bem, trata-se de uma substância totalmente natural, presente em frutas e vegetais, principalmente em maçãs, que apresentam a maior quantidade desta substância.

Ele pode ser considerado um composto orgânico de consumo indispensável, visto que está relacionado com o fortalecimento da imunidade, excreção de metais pesados que podem estar acumulados no organismo, promoção da saúde bucal e claro, promover resultados consideráveis na melhora do aspecto da pele.

Nosso corpo também produz ácido málico, mas devido aos seus inúmeros benefícios e efeitos colaterais praticamente nulos, sem dúvidas é uma substância que podemos pensar em consumir à vontade!

Para que serve o ácido málico?

O ácido málico apresenta um efeito muito positivo em nosso metabolismo de forma geral. Entretanto, algumas de suas principais funções são:

  • Produção de Energia: Nosso corpo trabalha de forma minuciosa para conseguir transformar os macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídeos) em energia. Entretanto, para que este processo ocorra da forma esperada, também são necessárias as enzimas, vitaminas e agentes químicos (como o ácido málico) para que o fornecimento de energia se mantenha durante o dia.
  • Aumento do desempenho muscular e esportivo: Se você pratica alguma atividade física já deve ter experimentado a sensação de fadiga e cansaço extremos durante ou após os exercícios. Bem, o ácido málico ajuda a combater a sensação de cansaço e fadiga no período pós-exercício, melhorando o seu desempenho esportivo.
  • Produção de saliva: A maior produção de saliva é uma das formas mais efetivas e naturais para evitar a proliferação de bactérias prejudiciais na boca, e ela ocorre com o estímulo do ácido málico. Por este motivo, o ácido é muito utilizado em produtos para higiene bucal.

Quais são os benefícios do ácido málico?

Você provavelmente já ouviu aquela história que “comer uma maçã por dia melhora a sua saúde e proporciona muitos benefícios”, certo? Bem, a maioria destes benefícios pode ser atribuída ao ácido málico. A lista de benefícios não é pequena, então prepare-se para se surpreender com a lista a seguir:

Melhora da saúde do coração: Em um mundo onde as pessoas são cada vez mais acometidas por problemas cardíacos é sempre uma excelente notícia saber que existe uma substância natural capaz de proteger a saúde cardiovascular.

O ácido málico apresenta uma ação anti-inflamatória e antioxidante que beneficiam o coração e são extremamente úteis no tratamento de condições clínicas que reduzem a quantidade de sangue que chega o coração (como por exemplo, a chamada isquemia do miocárdio).

Deixa a pele mais bonita: Este benefício geralmente mexe com a cabeça das mulheres, por serem o público que mais se preocupa com a saúde e boa aparência da pele. O ácido málico promove uma maior produção de colágeno, minimiza os efeitos nocivos dos raios solares na pele e melhora significativamente a aparência de melasmas.

Quando o ácido é usado de forma tópica, ou seja, diretamente na pele, ocorre a redução de sinais característicos de idade, remoção de algumas rugas e claro, a pele apresenta aspecto de saúde. Não é a toa que essa substância já é muito utilizada pela indústria estética!

Reduz a dor: O consumo deste ácido ajuda a reduzir as dores, principalmente as musculares. Através de um estudo com indivíduos portadores de fibromialgia foi possível comprovar a eficácia do ácido málico para esta finalidade.

Os voluntários receberam o ácido málico juntamente com magnésio e o alívio das dores pôde ser percebido em apenas 2 dias após o início do consumo! Além disso, este público também parece conseguir realizar atividades físicas com maior facilidade quando estão utilizando o ácido com frequência, o que é bastante difícil para pessoas nestas condições.

Realça o sabor dos alimentos: Este ácido costuma ser uma opção natural para realçar o sabor de alimentos, principalmente de bebidas adocicadas artificialmente, visto que apresenta uma doçura natural.

Além destes benefícios, este ácido também ajuda no emagrecimento, melhora a saúde gastrointestinal, melhora a saúde do fígado e auxilia o tratamento para gota. Ou seja: Benefícios é o que não faltam para quem consome ácido málico!

Como consumir?

ácido málico

O consumo desta incrível substância pode ser de 3 formas:

  1. Através das frutas: Como já mencionamos no início do texto, a maçã é a fruta que mais contém ácido málico em sua composição, mas ela não é a única! Também possuem o ácido: Laranja, morango, manga, uva, banana, cereja, lichia e nectarinas. Portanto, inclua frutas na sua alimentação diária! Uma boa dica para consumir uma quantidade adequada de frutas é comer de 3 a 5 porções variadas ao dia, conforme orientação da OMS. Sua saúde agradece!
  2. Através de legumes: Os legumes com a quantidade mais considerável do ácido são: Ervilha, feijão, batata, cenoura e brócolis. Não deixe de adicioná-los no seu prato!
  3. Através da suplementação: O suplemento de ácido málico existe e é comercializado geralmente em forma de cápsulas, o que facilita muito o seu consumo e é de grande validade, principalmente para os portadores de fibromialgia.

Qual é a indicação de consumo do ácido málico?

A indicação de consumo abrangendo concentração da substância e frequência de uso é bastante pessoal e dependerá da avaliação e indicação do seu médico ou nutricionista. A finalidade do uso também deve ser avaliada, afinal, indivíduos que necessitam utilizar o ácido málico como agente terapêutico provavelmente não consumirá a mesma quantidade que pessoas que buscam o ácido para outras finalidades.

Portanto, na dúvida, siga sempre as orientações de profissionais de saúde qualificados!

Possui efeitos colaterais?

Como sabemos, a suplementação feita de forma irresponsável e sem acompanhamento geralmente pode causar complicações de saúde. Entretanto, este não é o caso do ácido málico. Ainda que o consumo do ácido seja feito de forma exagerada, não existem relatos de efeitos colaterais graves.

Algumas pessoas relataram apenas alguns sintomas de origem gastrointestinal como dores na região abdominal, diarreia e náuseas, mas somente após ingerir grandes quantidades do suplemento. Uma dica bastante útil para evitar qualquer tipo de sintoma após consumir o produto é ingerir a cápsula juntamente com um copo de água e procurar manter a hidratação ao longo do dia, consumindo em torno de 2 litros de água.

Ainda que seja um produto seguro, não é recomendado que pessoas idosas, crianças, gestantes, mulheres em período de amamentação, indivíduos que fazem uso de medicações controladas ou pessoas portadoras de doenças graves utilizem o suplemento de ácido málico sem prescrição médica, por precaução.

Não há efeitos colaterais do ácido málico através do consumo dos alimentos fonte, portanto consuma-os sem receio!

Publicado em Deixe um comentário

Manjericão: Roxo, Italiano, Comum, e todos seus benefícios!

Tempo de Leitura: 4 minutos

Você provavelmente já deve ter ouvido falar no manjericão, uma especiaria muito utilizada na culinária para dar mais sabor aos alimentos. No entanto, além de deixar os pratos mais saborosos, esse ingrediente pode trazer vários benefícios para a saúde e boa forma das pessoas que o consomem.

Se você deseja conhecer um pouco mais sobre o manjericão, esse artigo é para você, pois a seguir eu irei falar tudo sobre essa deliciosa especiaria. Confira!

Manjericão roxo

manjericão

O manjericão roxo é um excelente tipo da especiaria que deve ser usado principalmente para quem deseja a decoração do prato, pois devido a sua coloração ele pode deixar sua receita ainda mais bonita e apetitosa.

Essa versão possui um aroma mais fraco e suave, por isso é indicada principalmente para as pessoas que não gostam de ingredientes com sabores muito fortes em seus pratos.

Italiano

manjericão

Outro tipo muito conhecido é o italiano, que consiste em folhas maiores e mais grossas que os demais, além do mais, este tipo também possui as folhas curvadas.

Mas além da característica visual, o manjericão italiano também possui um odor bem intenso e levemente amargo, além de possuir um leve sabor que assemelha ao cravo, principalmente quando ainda está cru.

❱ Leia também: Garcinia Cambogia!

Comum

manjericão

O manjericão comum é o tipo mais fácil de encontrar no Brasil, sendo que ele consiste em um sabor de média intensidade, ideal para quem gosta da especiaria, mas não gosta de usar ingredientes com odores muito fortes.

As folhas deste são finas e ele é ideal principalmente para o preparo de molhos.

Benefícios do manjericão

Além de ser delicioso, ele também poderá  trazer muitos benefícios aos seus consumidores, como podemos destacar principalmente:

Ajuda a tratar resfriados

O consumo do manjericão ajuda a melhorar o sistema imunológico da pessoa, por isso ele pode ajudar a combater os resfriados. O ideal é mastigar as folhas dessa especiaria assim que surgirem os primeiros sintomas da gripe ou resfriado.

Diminui o estresse

manjericão

Mascar folhas de manjericão pode ajudar a diminuir e até mesmo prevenir o estresse. O indicado é mascar cerca de 10 folhas, 2 vezes ao dia para conseguir combater o estresse.

Melhora a pele

Mais um dos benefícios desta especiaria que muitas pessoas não conhecem é o combate a acnes e aceleração do processo de cicatrização, assim essa planta deixa a pele mais bonita e livre de imperfeições.

Alivia a dor de cabeça

Se você costuma ter muita dor de cabeça, tomar o chá de manjericão diariamente pode ajudar a acabar com este problema.

Melhora a saúde do sistema nervoso

Essa especiaria também ajuda a melhorar a saúde do sistema nervoso, pois normaliza os níveis de neurotransmissores no cérebro, ajudando a melhorar a memória e a saúde do cérebro.

Como consumir?

Você poderá consumi-lo de várias formas, sendo que o ideal é que você use esse ingrediente principalmente para preparar molhos e carnes. Também é possível que você consuma essa erva através do chá.

A quantidade irá variar conforme o gosto de cada pessoa.

Existe contraindicação e efeitos colaterais?

Embora o manjericão possa trazer muitos benefícios ao corpo, seu uso não deve ser feito por todas as pessoas que desejam obter seus resultados, sendo que esta erva é contraindicada para mulheres que estão grávidas, pessoas que possuem alergia a planta ou ainda quem tem epilepsia.

Está especiaria não possui efeitos colaterais, no entanto é recomendável consultar um médico antes de usá-la.

Manjericão aborta?

Muitas mulheres que estão grávidas ficam em dúvida se podem ou não fazer uso do manjericão durante a gestação, pois não sabem se essa erva pode causar o aborto espontâneo, e é possível dizer que o recomendável é não consumir o manjericão principalmente nos 3 primeiros meses de gestação, pois essa erva pode estimular a menstruação e consequentemente favorecer o aborto.

Receita com manjericão

manjericão

Molho pesto

Ingredientes

  • 1 xícara de manjericão
  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de sal
  • ½ xícara de azeite
  • 100 g de queijo parmesão ralado

Modo de fazer

  1. Descasque e pique o dente de alho.
  2. Coloque o alho e o sal em uma tigela e misture bem.
  3. Pique as folhas e coloque na tigela.
  4. Acrescente os demais ingredientes até obter uma mistura homogênea.
  5. Guarde seu molho pesto em um recipiente de vidro.
Publicado em Deixe um comentário

Pré-treino low carb: O que comer antes de ir treinar e alcançar os objetivos?

Tempo de Leitura: 5 minutos

A alimentação pré-treino é muito importante para melhorar os resultados daqueles que praticam exercícios de musculação. O pré-treino é responsável por conferir a energia necessária durante os treinos sem que você perca massa magra. E pensando em uma dieta low carb, apostar em um cardápio desse tipo pode ser muito benéfico. Nesse artigo daremos dicas de alimentos pré-treino low carb.

Vamos mostrar exemplos de cardápios para o café da manhã, para o almoço, para ganhar massa muscular e muito mais. Acompanhe!

Pré-treino low carb para café da manhã

pré treino low carb

pré treino low carb

Para aqueles que malham no período da manhã investir em um café da manhã low carb vai ajudar a aumentar a disposição e também a melhorar os resultados no ganho de massa muscular.

Como exemplos de alimentos low carb que podem ser adicionados a sua alimentação pré-treino pela manhã temos:

  • Omeletes recheados com queijos magros e sem adição de carboidratos.
  • Vitamina de abacate sem adição de açucares.
  • Ovos mexidos apenas com as claras, dessa forma você garante a proteína sem os malefícios da gordura presente na gema.
  • Pão de queijo fit. Esse alimento possui um pouco de carboidrato, mas é muito menos do que o pão normal, por exemplo.
  • Frutas como o morango, a melancia e também o melão são exemplos daquelas que quase não possuem carboidratos e que podem ser adicionadas ao seu café da manhã low carb.

Pré-treino para o almoço

pré treino low carb

Pré-treino low carb

Para aqueles que malham no período da tarde, logo após o almoço, é preciso prestar atenção aos alimentos que são consumidos durante essa refeição. O almoço costuma ser mais reforçado, e pensando em alimentos que não possuem carboidratos você poderá consumir, por exemplo:

Carnes magras grelhadas como frangos e peixes. Procure evitar a carne vermelha e também a de porco, adicionando esses tipos durante apenas 2 refeições semanais.

Saladas de legumes cozidos. Você pode usar a couve flor, brócolis, cenoura e até mesmo a batata doce que possui índice glicêmico menor que a batata comum. Uma dica é a de cozinhar esses ingredientes e temperá-los com azeite, sal e um pouco de limão. Fica uma delícia.

Os ovos cozidos também são ótimas opções de alimentos low carb para o almoço. Adicioná-los a saladas é uma boa alternativa para consumi-los.

[junkie-tabs] [junkie-tab title=”101 RECEITAS LOW CARB PARA COMER SEM CULPA!“] Que tal comer comidas gostosas, saudáveis, que vão ajudar você emagrecer? Chegou o livro de receitas 100% digital, com 101 Receitas Low Carb de café da manhã, almoço, jantar e doces! Para você fazer em casa e emagrecer! Confira mais aqui.. [/junkie-tab] [/junkie-tabs]

Para ganhar massa muscular

Pré-treino low carb

pré treino low carb

Em uma dieta pré-treino low carb o ganho de massa muscular é sempre estimulado. Isso pelo fato de que mantendo uma alimentação low carb você acaba aumentando a quantidade de proteínas ingeridas, o que leva a melhora da construção muscular pelo organismo, estimulando o ganho de músculos.

Dessa forma indicamos o consumo de alimentos ricos em proteínas, pobres em gorduras e que não contenham carboidratos na sua composição.

Como exemplos de alimentos para ganhar massa muscular temos:

  • Peito de frango grelhado
  • Batata doce cozida para ser consumida como purê ou então em saladas.
  • Peixes como o salmão e a o atum são ótimos para esse tipo de dieta.
  • Ovos cozidos e temperados em saladas.
  • Abobrinha recheada com carne moída cozida.
  • Saladas de folhas de todos os tipos.
  • Legumes salteados no azeite e sal.

Preparações de massas feitas com couve flor, farinha de aveia, frango e outras alternativas sem carboidratos. Um ótimo exemplo são as massas de pizza low carb.

O que comer no pré-treino low carb?

pré treino low carb

pré treino low carb

As pessoas que fazem dietas pré-treino por vezes ficam muito confusas de quais alimentos podem comer.

A dieta pré-treino possui as suas regras que são, principalmente, as de fornecer energia sem adicionar gordura a dieta. Já se pensando em uma dieta low carb pré-treino essas regras se mantém, contudo, não se deve consumir alimentos com carboidratos.

Como exemplos de alimentos que podem ser consumidos nesse tipo de dieta temos:

Carnes de todos os tipos, verduras, legumes como a cenoura, pimentão, alho poró e aspargos, verduras de todos os tipos, frutas vermelhas como o morango e a ameixa, abacate, nozes de todos os tipos, queijos gordos e grãos como a linhaça e também a aveia.

[junkie-tabs] [junkie-tab title=”101 RECEITAS LOW CARB PARA COMER SEM CULPA!“] Que tal comer comidas gostosas, saudáveis, que vão ajudar você emagrecer? Chegou o livro de receitas 100% digital, com 101 Receitas Low Carb de café da manhã, almoço, jantar e doces! Para você fazer em casa e emagrecer! Confira mais aqui.. [/junkie-tab] [/junkie-tabs]

Receitas para fazer em casa

Como você pode ver passamos um monte de alimentos que podem ser utilizados nos pré-treinos low carb. Agora cabe a você utilizar esses ingredientes para preparação de receitas que sejam da sua preferência. Tudo o que você precisará é de criatividade e disposição para pesquisar aquelas que mais lhe agradem.

Abaixo separamos algumas para você se inspirar e fazer em casa.

Guacamole fit

pré treino low carb

Ingredientes

  • Um tomate picado
  • Meia cebola roxa picada
  • Meia cebola branca picada
  • Meio abate maduro
  • 50 ml de vinagre de vinho branco
  • Uma colher (sopa) de azeite
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Em um bowl adicione o vinagre e o azeite, depois tempere com sal e pimenta a gosto.
Junte as cebolas picadas e o abacate e mexa. Logo adicione o tomate picado e misture.

Shake proteico com óleo de coco

pré treino low carb

Ingredientes

  • Uma colher de sopa cheias de coco fresco ralado
  • Duas colheres de sopa de whey protein sabor chocolate ou morango
  • Uma xícara de chá de água gelada
  • Cinco pedras de gelo
  • Duas colheres de sobremesa de óleo de coco

Modo de Preparo

Bata os ingredientes em um liquidificador menos o coco ralado. Despeje em um copo e salpique o coco ralado por cima.

Macarrão de abobrinha com camarão pré treino low carb

Ingredientes

•    Uma abobrinha pequena cortada em tiras fininhas
•    Uma colher de chá de óleo de coco ou azeite
•    Sal marinho e pimenta do reino moída, a gosto

Modo de preparo

Fatie a abobrinha no formato de macarrão tipo espaguete.

Em uma frigideira, aqueça o óleo de coco ou o azeite e coloque as tiras de abobrinha. Refoque por cerca de 5 minutos ou até a abobrinha começar a amolecer. Tempere com sal, alho e pimenta do reino.

Desligue o fogo e acrescente a carne desejada, nesse caso o camarão, e molho da sua preferência.

Publicado em Deixe um comentário

Alecrim: Saiba benefícios, propriedades, contraindicações, como usar e mais..

Tempo de Leitura: 4 minutos

O alecrim é uma erva originária do mediterrâneo e que atualmente é muito utilizada na culinária do mundo todo devido as suas propriedades aromáticas. Além disso ele também é utilizado para tratamentos de saúde e também na indústria de essências. São diversos os benefícios do alecrim.

Nesse texto falaremos um pouco mais para que serve o alecrim, mostrando suas propriedades, como usar e até mesmo dos efeitos colaterais que essa erva pode causar. Acompanhe!

Para que serve essa erva?

Essa é uma erva muito versátil, pois além de servir para ser usada como tempero em preparações culinárias serve também para diversos tipos de tratamentos de saúde devido as suas propriedades curativas.

Ele é muito utilizado também para a extração de essências aromáticas que são usadas em perfumes e cremes onde esse aroma é buscado.

Benefícios do Alecrim

Os benefícios do alecrim são diversos e bastante efetivos. Essa erva de aroma agradável e característico possui diversas propriedades que ajudam a melhorar diversos aspectos da saúde.

Para ajudar você a entender melhor esses benefícios, listaremos os principais abaixo:

Ajuda a combater os sintomas da gripe – Ele ajuda a diminuir a tosse, a asma e até mesmo a própria gripe. Isso pelo fato de o alecrim possuir propriedades expectorantes e também por ajudar a fortalecer o sistema imunológico.

Controla a pressão arterial – Ele possui propriedades anticoagulantes e ajuda melhorar a circulação sanguínea. Sua ação é muito semelhante a aspirina.

Melhora a cognição –  Rico em ácido carnósico que ajuda melhorar as conexões cerebrais, ajudando até mesmo na prevenção do Alzheimer.

Melhora a digestão – Essa capacidade se deve as propriedades antiespasmódicas que ajudam a diminuir o inchaço estomacal, dores abdominais, indigestão e constipação intestinal.

Combate inflamações – Contém ácido carnósico e ajuda a diminuir os níveis de acido nítrico presentes no corpo. O ácido nítrico é conhecido por estimular processos inflamatórios.

Melhora a saúde capilar – Massagear o couro cabeludo com chá de alecrim ajuda a estimular o crescimento saudável dos fios e também funciona no tratamento da caspa.

Melhora os sintomas de estresse – O alecrim ajuda a diminuir a produção de hormônios ligados ao estresse, ajudando a acalmar e relaxar a mente e os processos mentais.

alecrim

❱ Veja também todos os benefícios do Açafrão!

Veja as propriedades da erva

Como já pudemos ver o alecrim é cheio de benefícios para a nossa saúde. Abaixo colocaremos uma lista das propriedades dessa erva, são elas que garantem todos esses benefícios.

Utilizaremos como base 100g da erva, confira:

  • Calorias – 16,5.
  • Carboidratos – 2,6g.
  • Proteínas – 0,3g.
  • Gorduras totais – 0,7g.
  • Fibras alimentares – 1,4g.

Gostaria de todo poder do Alecrim de forma prática e concentrada ? Assista este vídeo !

Além o alecrim é rico em vitamina A, vitamina C, vitamina K, vitaminas B1, B2 e também a B6. É rico nos nutrientes ferro, cálcio e fósforo. Tanto nutriente é o que confere ao alecrim os diversos benefícios por ele proporcionados.

Como usar a erva?

O alecrim pode ser usado como tempero e fica muito bem na preparação de carnes de porco e também em molhos para acompanhar assados e alimentos defumados.

Também fica muito bom na preparação de chás e infusões aromáticas e é perfeito quando usado com batatas, sendo esse o legume que mais combina com ele.

Chá de alecrim

O chá de alecrim além de ser muito gostoso oferece todos os benefícios proporcionados por essa planta. Para fazer esse chá o recomendável é que se use a erva fresca.

Para preparar o chá você precisará de duas colheres de sopa das folhas de alecrim e de um litro de água. Ferva a água e desligue o fogo, adicione o alecrim e tampe, deixando descansar por aproximadamente 15 minutos antes de tomar.

chá de alecrim

Contraindicações e efeitos colaterais

Essa erva deve ser evitado principalmente por grávidas e também aquelas que estejam amamentando. Ele também não é indicado para pessoas que sofram com algum tipo de convulsão e também aqueles que possuem dificuldades de coagulação sanguínea, não podendo ser usado por pessoas que fazem uso de aspirinas.

Quando consumido em excesso ele pode causar efeitos colaterais indesejáveis como náuseas, irritação nos rins, vômitos, avermelhamento da pele, sangramento uterino, reações alérgicas e até mesmo aumento da sensibilidade da pele aos raios solares.

Tag

alecrim ,chá de alecrim ,alecrim do campo ,oleo de alecrim ,oleo essencial de alecrim ,alecrim para que serve ,cha de alecrim e bom pra que ,chá de alecrim para que serve ,para que serve chá de alecrim ,para que serve o alecrim ,benefícios do chá de alecrim ,alecrim beneficios ,chá de alecrim beneficios ,como plantar alecrim ,alecrim no cabelo ,banho de alecrim para que serve ,chá de alecrim serve para quê ,como fazer chá de alecrim ,como fazer muda de alecrim ,alecrim para o cabelo ,chá de alecrim é bom para quê ,pé de alecrim ,tonico de alecrim ,alecrim é bom para quê ,chá de alecrim emagrece ,como fazer oleo de alecrim ,musica alecrim dourado ,o oleo essencial alecrim ,alecrim beneficios espirituais ,chá de alecrim é bom pra que ,como cuidar de alecrim ,os benefícios do alecrim ,propriedades do alecrim ,restaurante alecrim ,shampoo de alecrim ,alecrim como cuidar ,alecrim no shampoo ,benefício do alecrim ,cha de alecrim faz mal para o coração ,chá de alecrim como fazer ,chá de alecrim é bom para que ,quais os benefícios do chá de alecrim ,quem nao pode tomar cha de alecrim ,alecrim alecrim dourado ,alecrim cha ,alecrim do campo para que serve ,alecrim do mato ,alecrim seco ,beneficios alecrim ,beneficios cha de alecrim ,benefícios do alecrim para o cabelo ,chá de alecrim para depressão ,como fazer o chá de alecrim ,flor de alecrim ,folha de alecrim ,muda de alecrim ,o que é alecrim ,oleo de alecrim cabelo ,oleo essencial de alecrim para que serve ,para que serve o chá do alecrim ,tipos de alecrim ,alecrim com álcool ,alecrim planta ,chá de alecrim contra indicações ,essencia de alecrim ,oleo de alecrim para que serve ,semente de alecrim ,alecrim doterra ,alecrim é bom para o cabelo

Publicado em Deixe um comentário

Aveia: Engorda ou emagrece? Todas as respostas aqui!

Tempo de Leitura: 4 minutos

aveia

A aveia é muito usada em receitas com várias finalidades. Alguns acreditam que ela ajuda no emagrecimento, outros dizem que ela engorda. Qual a verdade sobre a aveia? Descubra lendo este artigo!

Para que serve?

A aveia é um alimento que serve para preparar receitas de bolos, biscoitos, pães, e outros tipos de refeições, e por ser mais saudável ela substitui a farinha de trigo nessas receitas.

Ela também pode ser incluída nas vitaminas e sucos, fornecendo uma grande quantidade de fibra, importantes para se ter uma boa saúde.

Entre tantos outros benefícios a aveia serve para proporcionar um bom funcionamento do organismo por ser um carboidrato de baixo índice glicêmico, que ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue.

Tipos de Aveia

Existem pelo menos três tipos diferentes de aveia, e cada tipo tem características que fazem toda a diferença.

  • Aveia em flocos

A aveia em flocos pode ser encontrada em flocos grossos e finos, a diferença entre os dois é somente na aparência, pois as propriedades são as mesmas. Podem ser usados em papas, no suco, ou na salada de fruta.

  • Farinha de aveia

A farinha é feita da parte interna do grão da aveia, sem a casca. Dessa forma, as fibras são excluídas junto com as cascas, restando apenas as proteínas, carboidratos e minerais. Essa farinha a é uma excelente opção para substituição da farinha de trigo.

  • Farelo de aveia

O farelo de aveia é conseguido das cascas dos grãos, por isso é a opção mais rica em fibra. E pode ser usada em várias receitas, como massas, tortas e sucos.

aveia

Engorda?

É necessário ter cuidado na hora de consumir. Não se pode esquecer que a aveia possui carboidratos, e todo alimento que é consumido em excesso causa o efeito contrário.

Em 100 gramas de aveia, encontra-se 389 kcal. Por isso, quem não deseja engordar deve consumir apenas 30 gramas ou três colheres de sopa desse alimento diariamente.

Solta o intestino?

O benefício mais conhecido é a sua atuação contra o intestino preso, por causa das fibras que ajudam na digestão. Quando em contato com a água, elas produzem uma substância que ajudam no bom desempenho do intestino.

Além de soltar o intestino, ela ajuda na prevenção contra o câncer gástrico, uma vez que as fibras ajudam na eliminação de toxinas.

No entanto, é necessário beber bastante água, pois a ingestão de muitas fibras sem o consumo adequado de água pode provocar prisão de ventre.

Benefícios da aveia

Os seus benefícios são muitos. Como já vimos, ela é excelente para melhorar o trânsito intestinal. Além disso, ela diminui o colesterol ruim e ajuda a emagrecer.

Confira agora a lista de benefícios que o consumo dela pode trazer:

  • Reduz as triglicérides;
  • Reduz queda capilar;
  • Fortalece as unhas;
  • Reduz a glicose, prevenindo contra diabetes;
  • Contribui para o ganho de massa muscular;
  • Controla os níveis da pressão arterial;
  • Atua na prevenção de problemas cardíacos;
  • Ajuda contra efeitos da menopausa;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • Previne contra câncer de cólon;
  • A aveia também ajuda a amenizar os desconfortos da gestação como intestino preso, e controla o apetite.

aveia

É low carb?

De modo geral, a farinha de aveia não é classificada como low carb, pois ela contém carboidratos. Agora algumas pessoas utilizam a aveia em dietas low carb, só que em pouca quantidade, e de geralmente pela manhã para que seja gasta todas as calorias consumidas.

Já aquelas pessoas que seguem a dieta low carb, a opção é usar farinhas de amêndoas, de amendoim ou de linhaça.

Ajuda a emagrecer?

Sim, ela ajuda a emagrecer. Seu consumo reduz o apetite aumentando a sensação de saciedade. Além disso, a fibra encontrada nela tem como função regular o intestino, reduzindo a gordura na região do abdômen.

Todos esses fatores contribuem para o emagrecimento, caso não seja consumida de forma exagerada.

Abaixa o colesterol?

Por ser rica em fibras solúveis, ela ajuda a baixar o colesterol. As fibras solúveis carregam o colesterol e seus precursores para as fezes, eliminando-os antes mesmo de entrar em circulação.

Além disso, essas fibras são responsáveis por reduzir a absorção do colesterol ruim.

Tem glúten?

Não, a aveia não tem glúten. No entanto, ela possui uma proteína conhecida como avenina que é idêntica ao glúten, mas que não provoca os mesmos danos aos que têm intolerância ao glúten.

Agora, por ser armazenada, processada e transportada no mesmo ambiente que a farinha de trigo, a aveia pode sofrer uma contaminação cruzada. Por este motivo, encontramos a informação nas embalagens, ‘contém glúten’.

 

Publicado em Deixe um comentário

Pimenta caiena: Descubra todos os benefícios e porque incluí-la em suas refeições!

Tempo de Leitura: 4 minutos

pimenta caiena

A pimenta caiena tem muitas utilidades. Aliada daqueles que desejam perder peso, ela também ajuda na boa saúde. A pimenta caiena faz muito sucesso entre alguns artistas, especialmente por sua capacidade de queimar calorias. Vamos ver outros benéficos!

Para que serve?

A pimenta caiena serve para acelerar o metabolismo e reduzir o apetite. Pessoas que tem o alvo de emagrecer e gostam de comer pimenta, podem utilizar a pimenta caiena para conseguir seu objetivo.

Essa pimenta também provoca a digestão, ajudando no tratamento de problemas circulatórios, além de ser fonte de cálcio, fibras, ferro e vitamina A e C. A pimenta caiena auxilia no processo de limpeza e expulsão de toxina do nosso corpo.

pimenta caiena

Confira também o texto sobre a Cúrcuma!

Pimenta caiena emagrece?

Além dos muitos benefícios que a pimenta caiena pode trazer a saúde, ela também serve para diminuir o apetite contribuindo para o emagrecimento.

Aajuda a emagrecer porque ela tem uma substância chamada capsaicina, importante para a liberação de catecolamina que atua controlando o apetite.

Outra vantagem que a pimenta caiena tem no processo de emagrecimento é que ela é termogênica. Por causa da capsaicina, a temperatura do corpo é elevada.

Ou seja, o metabolismo é acelerado transformando as calorias em energia, e por causa dessa queima de gordura a pimenta caiena ajuda na perda de peso.

Pimenta arde?

Arde sim. Isso se dá por que ela contém uma substância chamada capsaicina, presente em pimentas conhecidas como pimentas chilli, pertencentes ao grupo capsicum.

Justamente por causa dessa substância a pimenta caiena tem aquele sabor ardido que em algumas pessoas tem efeito irritante, produzindo uma sensação de queimor.

Pimenta caiena em pó

Além da pimenta natural e das cápsulas, a caiena também é comercializada na forma de pó. Usada como um tempero picante ela é muito popular na culinária mexicana e indiana, e utilizada pelos chineses para fins medicinais. Além disso, ela também é usada por aqueles que querem queimar gordura em preparações de refeições, ou como suplemento.

pimenta caiena em pó

Leia também: Benefícios e mais segredos sobre o Açafrão!

Benefícios dessa pimenta

Essa pimenta tem sido utilizada para prevenir e combater uma variedade de doenças, incluindo gripes e resfriados aliviando os seus sintomas. Ela é muito eficiente para atenuar as dores de estômago, inclusive úlceras, porque tem características contra a irritação.

Essa pimenta também pode prevenir de forma eficaz a produção de muitos fungos, além de ajudar no combate às alergias.

Também é excelente para combater dores de cabeças como enxaquecas, pois ela é capaz de incentivar uma resposta da dor em determinada região do corpo, convertendo a atenção do cérebro.

Pimenta caiena é uma grande aliada para melhorar a digestão. Por estimular o sistema digestivo, ela aumenta o fluxo da formação do suco gástrico. Isso ajuda o organismo a metabolizar o que comemos. Da mesma forma, o consumo da pimenta é muito proveitoso para diminuir gases intestinais.

Um dos maiores benefícios de se consumir a pimenta caiena, é que ela auxilia na redução de coágulos sanguíneos, diminuindo o surgimento de doenças como aterosclerose e diminuindo a possibilidade de um ataque cardíaco ou um AVC.

Entre esses benefícios, podemos alistar também:

  • É descongestionante;
  • É antibacteriana;
  • Ajuda no sistema imunológico;
  • Previne doenças crônicas e degenerativas;
  • Aumenta a produção de saliva;
  • É desintoxicante;
  • Previne contra o câncer;
  • Normaliza a pressão arterial;
  • Reduz os níveis de colesterol ruim e triglicéridos;
  • Alivia dor de dente;

Além de tudo isso, o consumo de pimenta caiena ajuda no combate a depressão. Sua absorção ajuda a liberar adrenalina, melhorando o humor de pessoas deprimidas.

Tem contraindicações?

Mesmo oferecendo tantos benefícios para o organismo, nem todo mundo deve comer pimenta caiena. Seu consumo em excesso é contraindicado para pessoas com gastrite, pois pode ser ofensivo.

Todos aqueles que sofrem com hemorroidas também precisa evitar o consumo dessa pimenta, pois a capsaicina é uma substância que se for consumida em excesso vai agredir as mucosas.

Onde comprar pimenta caiena?

A pimenta caiena pode ser comprada nas feiras livres, em supermercados e estabelecimentos que vendem ervas e especiarias. Mas se você deseja comprar em cápsula, o melhor lugar é em farmácias ou lojas de produtos naturais.

Preço

O valor dessa pimenta em cápsula gira em torno dos R$ 30,00. Mas esse valor pode ser maior ou menor dependendo da região, da marca e da quantidade de cápsulas.

Já em estabelecimentos que vendem a pimenta em pó a granel, o preço é por quilo. E em algumas regiões esse valor pode chegar até R$ 40,00.

Publicado em Deixe um comentário

Anabolizantes naturais: Saiba o que incluir na sua alimentação para ganhar massa!

Tempo de Leitura: 4 minutos

Quem nunca desejou ter um corpo sarado e com aspecto daqueles vistos nas revistas. Algumas pessoas no anseio de atingir esse objetivo acabam apelando para anabolizantes químicos, que são comprovadamente maléficos a saúde. Contudo é possível estimular o ganho de massa magra por meio de anabolizantes naturais, esses seguros e sem contraindicações.

Nesse artigo falaremos um pouco mais a respeito dos anabolizantes naturais assim como a diferença deles dos esteroides anabólicos, mostrando alguns alimentos que desempenham muito bem a ação do crescimento muscular.

O que são considerados anabolizantes naturais?

Anabolizantes naturais são alimentos que desempenham o papel, no organismo, de promover o ganho muscular de maneira mais acelerada. Esses alimentos são naturais e seu uso geralmente não possui contraindicações, tirando os casos de a pessoa ser alérgica a algum deles.

Abaixo farei uma lista dos 5 principais alimentos considerados anabolizantes naturais e suas principais características.  Confira:

  • Aveia – A veia é rica em saponinas que são conhecidas por aumentar os níveis de testosterona no corpo, essa, essencial para a construção muscular.
  • Quinoa – Muito usada principalmente na América do sul a quinoa é rica em ecdisteróides que possui um potente efeito anabólico.
  • Ovos – Além de aumentar os níveis de testosterona os ovos ajudam a suprir a necessidade de proteínas diárias para o ganho muscular.
  • Aipo – O aipo ajuda a dilatar as veias e faz com que o sangue circule com mais oxigênio no organismo, melhorando a construção muscular.
  • Castanha do Pará – Devido a sua alta concentração de selênio a castanha do Pará ajuda a aumentar os níveis de testosterona.

anabolizantes naturais

[junkie-tabs] [junkie-tab title=”CONQUISTE MAIS MÚSCULOS DE FORMA NATURAL!”] Já ouviu falar de um um suplemento COMPLETO, PODEROSO E NATURAL, capaz de aumentar a testosterona, e proporcionar ganho de massa, energia e disposição? Conheça o ➠ANADROLE ➠ Um produto capaz de te oferecer MUITOS benefícios e transformar seu corpo… SAIBA MAIS AQUI!! [/junkie-tab] [/junkie-tabs]

Diferença entre esteroide anabólico e anabolizante natural

A principal diferença entre os esteroides anabólicos e os naturais, e que mais deve ser considerada, diz respeito aos males causados a saúde. Os naturais costumam ser bastante seguros, enquanto os anabólicos acarretam em diversos efeitos colaterais, podendo em alguns casos, levar a morte.

Outra diferença primordial desses dois tipos de esteroides diz respeito a forma que eles são obtidos. Os esteroides anabólicos são obtidos por meio de material sintético similar a testosterona, e apesar de cumprir os efeitos prometidos de crescimento muscular, são carregados de efeitos colaterais.

Já os esteroides naturais também estimulam a testosterona, contudo de forma segura e não prejudicial ao organismo. As pessoas geralmente recorrem a versão química do componente para obter resultados mais rápidos.

Como aumentar a testosterona de forma natural?

Existem diversos hábitos que otimizam a produção natural de testosterona. Dentre esses hábitos estão a realização de exercícios físicos, alimentação com os alimentos certos, bons hábitos de sono e também não estar acima do peso. A gordura corporal acaba suprimindo a produção de testosterona.

Os exercícios de musculação aumentam a produção de testosterona. Principalmente os exercícios que são baseados em levantamento de peso. Além eles ajudam a aumentar a massa magra corporal e na diminuição da gordura.

Alimentos ricos em zinco como feijão e fígado também são grandes aliados naturais no aumento da testosterona. Além alimentos ricos em vitamina D e vitamina A também funcionam muito bem para melhorar a produção desse componente metabólico.

E esteja atento. Alimentos com altas concentrações de açucares, e também a soja, são grandes vilões na produção de testosterona. Portando se o ganho é o seu objetivo, fique longe desses alimentos.

Por ultimo temos o sono. Estudos comprovaram que uma pessoa que tem pelo menos 5 horas de sonos diários e consecutivo possuem, no organismo, a produção de testosterona maior do que aqueles que não possuem bons hábitos na hora de dormir.

Leia também: O texto sobre Esteroides Naturais!

Tribulus terrestris

O tribulus terrestris é uma erva encontrada em muitos lugares do mundo e é conhecido devido a sua capacidade de melhorar a produção de testosterona no organismo, funcionando muito bem como uma opção de esteroide natural.

Ele ajuda no ganho de massa magra e pode ser encontrado para venda por meio de suplementos alimentares e lojas de ervas medicinais.

anabolizantes naturais

Maca peruana

A maca peruana é outro fitoterápico usado para o ganho de massa muscular e também como um esteroide natural. Ela é uma raiz e também estimula a produção de testosterona, funcionando como estimulante sexual e do ganho muscular. A maca peruana pode ser encontrada no formato cápsulas, vendido como um suplemento alimentar.

anabolizantes naturais

Publicado em Deixe um comentário

Pasta de amendoim integral: veja os benefícios desse alimento para quem treina

Tempo de Leitura: 4 minutos

pasta de amendoim integral

Existe uma série de alimentos que podem ajudar os atletas a terem melhores rendimentos na hora de um treino. Um que tem ficado famoso nos dias atuais é a pasta de amendoim integral, que diferente das outras comuns, possui menos gordura e gera mais energia.

Nos tópicos a seguir você vai entender para que serve a pasta de amendoim integral, os seus benefícios, e como ela age no corpo, confira!

Para que serve a pasta de amendoim integral?

A pasta de amendoim integral é um complexo energético muito importante para quem pratica musculação e faz outros exercícios de alto rendimento e intensidade. Isso porque diferente de outros energéticos, a pasta de amendoim integral é bem saudável e vai transformar praticamente todo o carboidrato presente nela em energia.

Por isso, a principal função dessa pasta em atletas é o fato dela aumentar o nível de energia no corpo e fazer com que você pratique os exercícios com mais disposição e facilidade.

Benefícios

Além de aumentar o nível energético do corpo do atleta, a pasta de amendoim integral tem outros diversos benefícios para toda e qualquer pessoa, independente dela praticar exercícios de alta intensidade, ou não.

A pasta de amendoim integral é rica em vitaminas, minerais e antioxidantes que ajudam a prevenir diversas doenças e problemas de saúde. É um composto de nutrientes bem saudável e que defende todo o sistema imunológico humano.

Ela também ajuda a melhorar a saúde e a força dos ossos, aumenta o metabolismo nos músculos, o que gera mais massa muscular, previne a diabetes e outras doenças crônicas, controla o apetite e ajuda no emagrecimento, além de evitar o aparecimento de pedras na vesícula.

Esse são alguns dos benefícios já descobertos pela ciência do uso da pasta de amendoim integral, sem açúcar, 100% dietética.

Pasta de amendoim integral engorda?

Tudo que você come e não usa ao seu favor vai te fazer mal. Logo, se você come pasta de amendoim integral todo dia, mas não pratica exercício físico, ela pode sim se transformar em gordura.

Mas quando você usa desse alimento para melhorar a sua vida, o efeito é exatamente o contrário. A pasta de amendoim integral é um forte energético, faz o metabolismo funcionar mais rápido e, com a prática de exercícios físicos você vai emagrecer no lugar de engordar.

pasta de amendoim integral

Ficha nutricional

A ficha nutricional da pasta de amendoim integral é bem extensa. Ela possui proteínas, gorduras, boas, magnésio, potássio, vitamina E, vitamina B6, sais minerais e fibras.

Essa junção de diversos nutrientes importantes para o corpo humano em um só alimento prova o quanto a pasta de amendoim integral é essencial para uma vida saudável. Além disso, ela contribui para uma alimentação balanceada e também para resultados eficazes na musculação.


Veja também: Açaí – Como alinhar esse alimento delicioso com o seu treino!


Mandubim x Power One

pasta de amendoim integral power one ou mandubim

Existem duas grandes marcas que vendem o pote de pasta de amendoim integral. Você pode comê-las antes dos treinos e gerar muita energia para poder alcançar os resultados esperados. Essas marcas são a Mandubim e a Power One.

Existe até uma pequena e saudável rixa entre os consumidores de uma ou de outra marca. O que se pode dizer é que ambas oferecem um produto de extrema qualidade, com características praticamente idênticas e nutrientes excelentes em ambos. Logo, a que você vai escolher vai estar muito bem servido.

Onde comprar a pasta de amendoim integral?

Você compra a sua pasta de amendoim integral em qualquer loja ou site de suplementos alimentares para atletas. O pote de um quilo custa cerca de 15 reais. É bem barato e dura por bastante tempo.

Como fazer pasta de amendoim integral caseira

Se você for comprar a pronta, pode comê-la sozinha, sem nada. Ou então coloque a pasta em uma torrada, um biscoito ou pão que fica muito bom também.

Caso você queira fazer a sua pasta de amendoim integral, vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 1 xícara de amendoim torrado, sem pele e sem sal
  • 1 colher de chá de adoçante em pó dietético
  • Óleo de amendoim

Para fazer é muito simples. Você vai assar o amendoim por cinco minutos em um forno e depois vai triturá-lo em um processador ou liquidificador. Nesse momento, você vai colocar um pouco de óleo dentro do triturador. Então deixe batendo até o alimento virar uma pasta homogeneizada. Após isso, basta colocar o adoçante e a sua pasta estará pronta. A dica é consumir em poucos dias, porque o fato de não ter conservantes pode fazê-la estragar em pouco tempo.

Se tiver ainda restado alguma dúvida sobre os benefícios da pasta de amendoim integral, deixe o seu comentário aqui embaixo!