Publicado em Deixe um comentário

Atividade Física na terceira idade: Conheça os benefícios e os exercícios mais indicados nessa fase!

Tempo de Leitura: 3 minutos

Vamos conversar hoje sobre uma realidade, uma situação em que temos que nos imaginar no futuro, pois é vivemos uma realidade que há muito tempo atrás não nos dávamos conta, o crescimento da população idosa em nosso país. Em meados dos anos 80 a população acima dos 60 anos era de 6,1%, mas com o avanço da expectativa de vida do brasileiro atualmente, é previsto que no ano de 2025 a população idosa chegará a 12,2%.

O processo de envelhecimento é caracterizado por várias transformações progressivas e irreversíveis em função do tempo. Assim como profissionais de Educação Física, atuantes na área da saúde, não devemos medir esforços na busca de um envelhecimento saudável, que pode ser caracterizado por um equilíbrio entre o envelhecimento físico e psicológico.

Nesse texto vamos aprofundar sobre os principais benefícios de se praticar exercícios na melhor idade e as atividades mais recomendadas nesse caso. Vamos lá?

Benefícios da atividade física na terceira idade

Que a atividade física tem inúmeros benefícios já todos sabemos. Mas, a partir de uma determinada idade, ela é essencial na prevenção de algumas doenças bem como no fortalecimento do sistema muscular, evitando lesões e aliviando dores articulares, além disso com ela, geramos um pequeno aumento de massa magra já a terceira idade, esse aumento mesmo que pequeno nos ajudar a alcançar o bem-estar físico, contribuindo para a prevenção de lesões causadas pelo esforço, movimentos repetitivos ou posturas incorretas.

Além disso a prática de exercício é ainda uma excelente arma contra a depressão, de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Southern Methodist, de Dallas, nos Estados Unidos, o exercício físico ajuda a combater a ansiedade e depressão.

O responsável por este estudo, Jasper Smith, explica que a atividade física parece atuar em neurotransmissores específicos do cérebro, com efeitos semelhantes aos dos antidepressivos, além de libertar serotonina e dopamina que nos fazem adotar comportamentos mais positivos e felizes, deste modo, para além de contribuir para o bem-estar mental, ela melhora a auto-estima, fortalece as relações sociais interpessoais e combate o isolamento.

A atividade física na terceira idade também ajuda a prevenir e a combater doenças como a hipertensão, derrames, varizes, obesidade, diabetes, osteoporose, problemas de coração e pulmões, ajudando a fortalecer o sistema muscular, diminuindo o risco de quedas e facilitando os movimentos dos braços, pernas e tronco.

atividade física na terceira idade

Quais são os cuidados? Quais são os exercícios mais recomendados?

Numa fase inicial, e para quem não está habituado à prática de exercício físico, recomendam-se atividades de baixo impacto, como as caminhadas, natação ou hidroginástica, a musculação também pode ser viável, desde de que com um acompanhamento direcionado para o mesmo, com baixo impacto, e com treinos individualizados.

As caminhadas são sempre um bom ponto de partida, além de promoverem a interação social, ajudam a fortalecer os músculos e articulações, e melhoram o ritmo cardíaco, é recomendado sempre a utilização de calçado confortável e a realização de alongamentos antes e depois de cada caminhada.

Já na natação que é um dos exercícios mais completos em qualquer idade. A partir dos 60 anos os seus benefícios passam pela prevenção de lesões, o alívio das dores causadas pela artrite, o alongamento e fortalecimento dos músculos e articulações.

atividade física na terceira idade

Para além disso, ajuda a evitar a perda de massa óssea que é bem comum nessa fase da vida. Na hidroginástica todos os músculos são ativados e exercitados. Esta atividade melhora o ritmo cardíaco, de um modo geral.

Nesta fase da vida recomenda-se a prática de atividade física, pelo menos, três vezes por semana, como sempre antes de dar início a qualquer uma dessas atividades, procure seu médico, faça uma avaliação e bateria de exames para saber se você está apto a dar início.

Se estiver liberado, escolha uma atividade que se sinta confortável e comece, você verá que com o passar dos meses que os benéficos começam a aparecer e sua melhora na qualidade de vida será surpreendente.

E ai gostou do texto sobre atividade física na terceira idade? Então compartilhe com seus amigos!

Publicado em Deixe um comentário

Caminhada: Realmente emagrece? Pode ser feita em jejum? Saiba aqui!

Tempo de Leitura: 4 minutos

Deseja emagrecer uns quilinhos extras? Trouxemos para você dicas especiais para turbinar sua caminhada. Veja a seguir!

caminhada

Se você já não aguenta mais passar fome por causa de dietas mirabolantes e extremamente restritivas e mesmo assim não consegue emagrecer nada, o artigo de hoje é para você! Nós vamos dar dicas aqui de uma dieta balanceada que você poderá seguir juntamente com sugestões de como turbinar sua caminhada e conseguir emagrecer o dobro. Interessou-se? Não perca mais tempo e veja a seguir tudo isso e muito mais.

Benefício das caminhadas para sua saúde

Primeiramente vamos falar desse maravilhoso exercício físico que é a caminhada, é um dos exercícios físicos mais completos que existem. A caminhada movimenta praticamente todos os músculos do seu corpo enquanto anda, ajudando a deixa-los sempre tonificados, a caminhada também melhora sua circulação sanguínea, ótimo para quem tem problemas de varizes e celulite, ótimo para quem tem problemas de coração, porque a caminhada faz o sangue circular melhor em todas as veias do corpo e desobstruir os vasos sanguíneos e veias, é ótimo também para quem tem diabetes, o exercício físico é perfeito para quem vive nessa condição.

A caminhada também produz serotonina pro corpo, que é a substância que dá sensação de bem estar ao nosso corpo e cérebro. Caminhadas ao ar livre e regulares tem o poder de diminuir níveis de ansiedade nas pessoas, o que melhora e muito quadros de depressão e síndromes do pânico.

Caminhadas melhoram sua auto estima, confiança com seu corpo e físico, melhora seu humor, diminui sua ansiedade, tonificam seus músculos, melhora sua circulação sanguínea, previne doenças e problemas cardíacos, queima calorias, diminui a celulite, libera endorfina, aumenta sua serotonina, ou seja, não há dúvidas de que as caminhadas são um dos melhores exercícios para o seu corpo e bem estar. Não restam dúvidas que você deve incluí-la no seu dia a dia.

Mas, caminhar emagrece?

Todos os benefícios listados anteriormente são importantes para sua saúde, mas uma outra vantagem que as caminhadas oferecem e que também são muito procuradas pelas pessoas é o emagrecimento. Aqui vamos dar dicas de coisas que você pode fazer na sua caminhada que contribuirá para você emagrecer ainda mais quilos.

Dicas de como turbinar sua caminhada e emagrecer mais

Nós vamos te apresentar e ensinar as técnicas de power walking, que é uma caminhada com passos mais rápidos e com picos de velocidade.

Uma das coisas que você deve fazer e descobrir na sua caminhada é qual a velocidade que você consegue manter por bastante tempo e não falamos de correr, mas sim de caminhar rapidamente. Especialistas descobriram que velocidades de caminhadas que são ideias para que você perca mais peso, elimine mais gorduras e queime mais calorias, você deve manter sua caminhada de 4,8 km/h a 6,4km/h.

caminhada

Outro ponto muito importante para sua caminhada render bons resultados é que você possa medir e controlar seus batimentos cardíacos. Algumas esteiras mais modernas nas academias tem essas função, existem também relógios de pulso que fazem também esse trabalho e te mostram a quantos batimentos cardíacos seu coração está naquele momento. O ideal é que na caminhada você atinja de 60% a 80% da sua capacidade máxima de batimentos cardíacos. Você consegue calcular e saber qual o seu batimento cardíaco ideal para sua idade através de uma conta básica. Você deve subtrair a sua idade da frequência máxima que é 220. Por exemplo, se você tem 31 anos. 220 – 31 = 189 (essa é sua frequência cardíaca que deve manter).

O ideal é que você faça caminhadas todos os dias, por pelo menos meia hora. Mas muita gente com os dias cheios e atribulados pelo trabalho, estudo e família, dessa forma não dispõe desse tempo todos os dias, então para manter certa regularidade é bom que as caminhadas sejam pelo menos três vezes por semana e no mínimo 150 minutos por semana.

Divida o seu tempo de caminhada com trechos com velocidades diferentes. Você pode começar mais devagar e depois marcar de cinco em cinco minutos fazer trechos de dois minutos com uma velocidade de passos mais rápidos, com sua intensidade máxima até dar 30 minutos, os últimos 5 minutos vá desacelerando os passos.

Para melhorar ainda mais seus resultados, após a caminhadas faça uma série de exercícios de abdominal ou também uns 15 minutos de bicicleta, porque esses outros exercícios também são aeróbicos e irão diversificar sua sessão de exercício.

Escolha sempre roupas adequadas e confortáveis e um tênis próprio para caminhadas e corridas, que vão te dar o amortecimento necessário.

Posso fazer caminhadas em jejum?

O jejum não é nem um pouco indicado para quem faz caminhadas e corridas, o seu corpo precisa estar hidratado e bem alimentado para o esforço físico que a caminhada exige. Coma frutas, tome vitaminas e sucos, iogurte ou faça um lanche saudável meia hora antes do seu exercício físico, isso é imprescindível para sua saúde.

Consulte sempre um médico antes de começar uma dieta e uma sessão de exercícios regulares.

Para dúvidas e sugestões nos deixe comentários. Até a próxima!