Publicado em Deixe um comentário

Como funciona Dieta Cetogênica

Como fazer dieta CetogenicaTempo de Leitura: 4 minutos

Famosa por sua eficiência na perda de peso, essa dieta tem se mantido como preferência há alguns anos. Seu sucesso se deve pela promoção de uma rápida perda de peso devido ao baixo consumo de carboidratos e alto consumo de gorduras e proteínas. 

Porém, por ser uma dieta muito restrita ela pode trazer muitos efeitos colaterais e não deve ser feito por muito tempo e nem por todo mundo.

Ela surgiu no início do século XX como uma dieta terapêutica no tratamento para a epilepsia, ganhou fama pela perda de peso e foi evoluindo ao longo dos anos. Alguns defensores afirmam que ela tem efeito benéfico também contra a diabetes, câncer, esclerose, Parkinson e o Alzheimer. 

A ideia era criar um ambiente no organismo parecido com o jejum prolongado, assim o corpo utilizaria como combustível os corpos cetônicos produzidos através da conversão, pelo fígado, da gordura em glicose pois em maior quantidade no sangue, os corpos cetônicos reduzem a frequência de convulsões epilépticas.

Como funciona a dieta cetogênica ?

Ao reduzir drasticamente o carboidrato, principal fonte de energia, o organismo busca outras fontes alternativas de combustível como a gordura, que é convertida pelo fígado e produz um estado metabólico chamado cetose.

Quando corpo entra nesse estado, ele se torna altamente eficiente em transformar gordura em energia e os corpos cetônicos produzidos tem a capacidade de intervir na produção de hormônios envolvidos no apetite, como a grelina.

Elas reduzem significadamente os níveis de açúcar no sangue e de insulina e trazem inúmeros outros benefícios para a saúde como no tratamento de enxaqueca, compulsão alimentar, transtorno de bipolaridade, autismo, distúrbios do sono, dores e inflamações.

Quanto tempo o corpo leva para entrar em cetose ?

Em média leva-se de 2 a 4 dias para entrar em cetose com baixos níveis de açúcar no sangue. 

Alguns sintomas podem surgir nesse processo como mau hálito, gosto metálico na boca, dor de cabeça, distúrbios do sono, desconforto digestivo, baixo desempenho esportivo, diminuição da função mental, fraqueza e náuseas. Porém, depois de adaptado, o corpo de acostuma com a nova maneira de produzir energia e esses sintomas somem. 

Para minimizar esses sintomas pode-se iniciar uma dieta baixa em carboidratos nas primeiras semanas e ir aumentando gradativamente o consumo de gorduras até eliminar completamente o carboidrato.

O que pode comer na dieta cetogênica ?

No geral, ela é composta por 75% de gorduras, 20% de proteínas e 5% de carboidratos. O consumo de carboidratos fica entre 20 a 50 gramas por dia. 

As quantidades dos macronutrientes são individualizadas, de acordo com cada objetivo e rotina pessoal. 

As verduras são todas liberadas, e os legumes são quase todos permitidos menos as batatas, mandiocas e tubérculos do tipo, que possuem uma quantidade maior de carboidrato.

As frutas permitidas são o coco e o abacate. 

Fontes de gorduras como manteiga, castanhas, creme de leite e banha de porco entram no cardápio. Assim como os óleos saudáveis : Azeite extra virgem, óleo de abacate, óleo de linhaça, óleo de gergelim, óleo de coco ..

Nozes e sementes como amendoim ou pasta de amendoim, amêndoas, macadâmias, linhaça, chia, semente de girassol, semente de abóbora

Queijos gordos como muçarela, gorgonzola, cabra, azul

Ovos e carnes de boi, frango, peru, porco, bacon 

Alimentos proibidos :

Qualquer alimento com alto teor de carboidrato deve ser reduzido ou eliminado do cardápio :

Alimentos açucarados : Refrigerantes, suco de fruta, bolo, sorvete, biscoitos, doces

Leguminosas : feijão, lentilha, grão de bico, ervilha

Grãos : Trigo, arroz, massas, pães

Tubérculos : batata, mandioca, batata doce, cará

Frutas : nenhuma fruta com exceção do abacate, do coco e morango

Alimentos processados diet, sem gordura ou sem açúcar

Álcool : cerveja, vinho, destilados

Molhos prontos : catchup, maionese, mostarda

Essa dieta deve ser realizado por um curto período de tempo já que ela é bastante restritiva e isso pode gerar alguns efeitos negativos e riscos a saúde. Ela é desequilibrada nutricionalmente e por isso deve ser realizada com acompanhamento de um profissional nutricionista e por no máximo  6 meses.

Pode ocorrer : desidratação, hipercolesterolemia, hipoglicemia, cirrose, gordura no fígado, cálculo renal, elevação do ácido úrico, alterações no ciclo circadiano, crises hipertensivas e alterações no metabolismo.  

Qual o cardápio da dieta cetogênica?

Aqui trazemos um exemplo de um cardápio de um dia :

Café da manhã : iogurte integral + morangos + 2 ovos mexidos na manteiga + café com óleo de coco

Almoço : 1 posta de salmão grelhado no azeite extra virgem + uma porção de brócolis refogado no alho + salada de verduras a vontade 

Lanche : um punhado de oleoginosas + morangos e mirtilos + ½ avocado

Jantar : 1 sobrecoxa assada + Vegetais à vontade + sementes de abóbora

Ceia : Omelete de queijo na manteiga

Quantos quilos é possível perder com a dieta cetogênica? 

Não é possível contabilizar ao certo o quanto de peso que irá perder pois cada indivíduo tem sua adaptação e necessidades mas sabe-se que quando associada a um programa de atividade física a perda é ainda maior. 

Deve-se ter cuidado ao planejar essa dieta pois a restrição abrupta de nutrientes pode desencadear uma compulsão alimentar levando a picos de fome e após seu término pode ocorrer o efeito rebote levando ao reganho do peso perdido ou ainda engordando ainda mais que antes. 

Ao finalizar a dieta, deve-se gradativamente introduzir novamente os carboidratos retirados sobre uma estratégia alimentar que possibilite a manutenção do peso.

Publicado em Deixe um comentário

Que alimentos incluir para evitar a perda de massa muscular

alimentos catabolicos massa muscularTempo de Leitura: 2 minutos

Hoje o foco é a proteína, o  macronutriente que tem função anabólica ( ajuda a ganhar massa )  e anti-catabólica ( evita a perda de massa ) .

As proteínas são formadas por um conjunto de aminoácidos e são responsáveis pela reparação e manutenção da massa muscular em todas as pessoas, independente se praticam exercícios físicos ou não .

A quantidade ideal diária varia de 0,6 à 2,2g do macronutriente por kg de peso corporal, ou seja, se eu peso 60 kg eu preciso de um consumo diário de 36 à 132g do macronutriente proteína . 

Onde encontramos proteína ?

A falta de conhecimento nos levou a pensar que a proteína só era encontrada em fontes animais, mas isso é um MITO . Apesar das fontes animais serem as mais biodisponíveis e ter uma quantidade maior por porção, podemos encontrar proteínas em fontes vegetais . O interessante nesse caso será a combinação entre cereais e leguminosas, para juntas fontes diferentes de aminoácidos e formar proteínas completas como as de fontes animais . 

A Proteína pode ser encontrada em fontes animais como :

  • Carne bovina
  • carne suína
  • frango
  • Peixes
  • Ovos 
  • Laticínios

E pode ser encontrada em fontes vegetais como :

  • Leguminosas ( Feijão, lentilha, grão de bico, soja )
  • cereais ( macarrão, arroz, milho , quinoa, aveia )
  • Oleaginosas ( castanha, amendoas, nozes )

Apesar das proteínas serem o foco, o consumo dos carboidratos também são importantes para serem utilizados como fonte primária de energia e poupar as proteínas para realizarem seu trabalho de reparação e manutenção dos músculos e tecidos . Consuma de preferência os integrais que disponibilizam energia de forma gradual ao longo do dia e fuja dos refinados  . 

anabolismo e catabolismo muscular
anabolismo e catabolismo muscular

Exemplo de cardápio para evitar a perda de massa muscular e catabolismo :

Café da manhã ( pré -treino ) : Suco de beterraba com banana

Colação : Iogurte + chia `+ fruta + mix nuts

Almoço : Arroz integral + feijão + frango grelhado ( ou sem no caso dos vegetarianos ) + legumes salteados + salada verde 

Lanche : sanduíche de pasta de atum com ricota 

Jantar : Similar ao almoço 

Ceia : Whey Protein + fruta 

Para saber as quantidade ideias de cada alimento, é interessante procurar um nutricionista para te orientar ; 

Publicado em Deixe um comentário

Melhores alimentos para ganho de massa muscular no almoço

Alimentos e Almoço anabólico para ganho de massa muscularTempo de Leitura: 4 minutos

Nem só de frango e batata doce vive o homem ! 

Em uma dieta para hipertrofia há a necessidade de se fazer refeições mais calórias, com mais carboidratos e proteínas para aumentar a síntese muscular, o que não significa que precisa ser monótona e repetitiva. 

A escolha dos alimentos que vão compor o almoço é primordial para se ter um ganho mais expressivo sem aumentar o percentual de gordura. Dietas muito restritas ou mal formuladas podem causar desequilíbrios nutricionais e metabólicos e por isso a importância de uma alimentação saudável e adequada.

Pensando em ganho de massa e construção muscular, a proteína tem papel fundamental nesse processo, pois é ela que faz a síntese desse processo. E para isso é preciso energia, que é promovida pelos carboidratos. Já a gordura é responsável pelas sínteses dos hormônios anabólicos, e deve-se priorizar as fontes de gorduras boas, como as mono e poli insaturadas. 

Alimentos fontes de proteínas para compor seu almoço :

Fontes de proteína boa
Fontes de proteína boa

Os aminoácidos que compõe as proteínas exercem papel no crescimento e desenvolvimentos dos músculos. Geralmente se calcula 1,5 a 2 gramas de proteínas por quilograma de peso, dividindo essas quantidades nas refeições. 

Carnes :

Frango, carne bovina, carne de porco, peixes .. Todos eles são ótimas fontes de proteínas de alto valor biológico. 

As carnes de boi e de porco devem ser consumidas os cortes com menos gordura possível, pois algumas partes possuem grandes quantidades de gordura saturada que em excesso é danoso a saúde, e também evitar consumir como em frituras e empanados. 

Os peixes geralmente tem pouca gordura, mas alguns como o salmão, o atum e a sardinha possuem uma quantidade maior, porém são consideradas boas porque contém alto teor de ômega 3, que é um potente antioxidante altamente anti-inflamatório. 

Além da proteína, as carnes são as melhores fontes de ferro para se consumir, pois a absorção delas é melhor. Também são fontes de zinco, mineral importante para evitar a fadiga mental e muscular. 

Em média, 100 gramas de carne possui entre 22 a 27 gramas de proteína.

Ovos :

Práticos e nutritivos, os ovos possuem cerca de 6 gramas de proteínas por unidade. Possuem nutrientes essenciais para ajudar nos processos fisiológicos do crescimento muscular como vitamina D, zinco, ferro, colina, vitamina A, selênio, cálcio, fósforo .. 

São ótimos para serem utilizados em receitas como omeletes ou cozidos em saladas, por exemplo. 

Não se deve exagerar no consumo deles pois a gema possui uma quantidade significativa de gordura saturada, em média 5 gramas por unidade, podendo assim utilizar mais a clara e descartar a gema em algumas situações.

Leguminosas :

Feijão, lentilha, ervilha e grão de bico. São ótimas fontes de proteínas vegetais, como também de carboidratos, fibras e vitaminas e minerais como ferro, cálcio, fósforo, vitaminas do complexo B, C e E. 

Alimentos fontes de carboidratos para compor seu almoço :

Fontes de carboidrato bom
Fontes de carboidrato bom

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo. Sem ele em quantidades adequadas, o organismo não consegue produzir toda a massa magra que tem capacidade, o corpo fica debilitado e com pouca energia para os treinos. 

Arroz :

Branco, parboilizado ou integral, ele é rico em carboidratos e pode ser consumido todo dia em diversas receitas diferentes. É rico em cálcio, magnésio, fósforo, potássio, selênio e vitaminas do complexo B. 

Muitos desses nutrientes encontram na parte integral do grão, sendo assim a opção do arroz branco tem menos nutrientes. O arroz integral tem uma maior quantidade de fibras, o que aumenta a sensação de saciedade, podendo isso ser benéfico ou não quando se pensa em ingerir muitas calorias por dia. 

Batata Doce :

O queridinho da dieta é rico em carboidratos, vitaminas A e C, manganês e fibras. É versátil e prático, podendo ser consumido cozido, assado ou em receitas. Outros tubérculos parecidos são o inhame, a mandioca, a batata inglesa, o cará e a mandioquinha ou batata baroa. 

Em 100 gramas de batata doce encontra-se 27 gramas de carboidratos.

Macarrão :

O macarrão é feito do trigo e pode ser encontrado também na versão integral, é versátil e pode ser consumido tradicionalmente ou em saladas e maioneses. 

Rico em carboidratos e fibras, possui em média 30 gramas de carboidratos em 100 gramas.

Também contém cálcio, ferro, vitaminas do complexo B, K e E.

Legumes e verduras :

São imprescindíveis em uma refeição pois são cheios de vitaminas, minerais, antioxidantes e fitoquímicos que ajudam na metabolização de todos esses nutrientes. Eles atuam no transporte dos nutrientes para as células-alvo promovendo uma melhor adaptação ao exercício e ao ganho de massa magra.

Alimentos fontes de gordura boa :

Fontes de gordura boa
Fontes de gordura boa

Azeite :

O azeite possui em sua composição gordura monoinsaturada, ômega 9, vitaminas E,D, A e K, cálcio, magnésio e potássio. A versão extra virgem é ainda melhor pois passa por menos refinamento conservando de maneira mais eficaz seus nutrientes.

Por ser altamente antioxidante e anti-inflamatório, ele ajuda na recuperação das fibras musculares devido as lesões e estímulos causados pelos exercícios, combatendo as inflamações por ele gerado.

Essas gorduras atuam na síntese e regulação dos principais hormônios anabólicos como a testosterona e os hormônios femininos.

Outras opções de substituição pode ser o óleo de abacate ou o óleo de linhaça.

É também a melhor opção para se usar para cozinhar, na hora de refogar os alimentos.

Oleoginosas :

São compostas de gorduras insaturadas e também ricas em proteínas e fibras. São ótimas para compor saladas, massas e até mesmo molhos. 

São fontes de vitaminas do complexo B, zinco, potássio, manganês, ferro, cobre e selênio.

Seus óleos também são utilizados na finalização dos pratos, como com o azeite. 

Publicado em Deixe um comentário

Receitas proteícas para ganho de massa muscular

receitas anabolicas ganho de massa muscularTempo de Leitura: 2 minutos

Ganhar massa muscular é fácil na teoria, mas precisa de organização, principalmente para a sua manutenção pois a proteína deve ser fracionada ao longo do dia .

Melhores fontes de nutrientes para ganho de massa

Boas fontes de proteína são as carnes vermelhas, frango, peixe, ovos e derivados do leite . Mas também encontramos proteínas nos cereais e leguminosas como arroz, feijão, grão de bico, lentilha e cevadinha . Carboidratos e proteínas entram em harmonia para proporcionar a energia e a reparação que o corpo precisa, e devem ser consumidos nas quantidades ideais . Ok, no almoço e jantar é fácil pensar na proteína, mas e no resto ?

A seguir, algumas receitas que vão ajudar na organização como café da manhã e lanches intermediários .

Omeletes  ( Café da manhã, almoço, jantar e lanches)

Ovos são excelentes fontes de proteína e colina, e são utilizados em quase todas as receitas proteicas para dar textura ;

Omelete de forno: Descubra aqui as MELHORES RECEITAS! – Suplementos Brasil

Panqueca proteica (Café da manhã e lanches)

As panquecas são opções deliciosas para o café da manhã ou lanche da tarde, e podem ser feitas de forma doce ou salgada . 

Receitas com Albumina (Lanches) 

Um dos suplementos mais famosos e mais utilizados para ganhar massa magra, entra como opção em pó mais em conta que o Whey Protein ;

Crepioca ( Café da manhã e lanches)

A tapioca com ovo tem uma consistência gelatinosa, saborosa e versátil como as panquecas para preparações salgadas e doces . 

Receitas com Whey protein (café da manhã e lanches)

 Há também a possibilidade de tornar receitas fontes de carboidrato em proteicas quando adicionamos Whey Protein Isolado . Recomendamos que você tenha um sabor doce como chocolate ou baunilha para as receitas doces, e uma proteína isolada sem sabor para as receitas salgadas . 

Receitas com Whey Protein: Veja as melhores! – Suplementos Brasil

Bolo de Banana com Aveia ( Café da manhã e lanches)

A aveia é uma boa fonte de carboidratos e também de proteínas, rica em fibras que regulam a saciedade .

Publicado em Deixe um comentário

O que comer para ter cabelos mais fortes e saudáveis ?

Alimentos que fortalecem unha pele e cabeloTempo de Leitura: 4 minutos

Seguir uma rotina alimentar balanceada e nutritiva não só beneficia seu corpo, como também terá cabelos mais fortes e saudáveis.

Fazer hidratação e procedimentos que cuidem das madeixas é importante, mas para que se tenha um cabelo mais brilhoso e resistente é necessário nutri-lo de dentro para fora ingerindo alimentos que fortaleçam a estrutura capilar. 

Cuidar da alimentação ajuda a regular o organismo, deixando o corpo mais forte e com uma aparência mais nova, bonita e saudável. E isso também reflete no cabelo, que é um indicativo de saúde da pessoa pois se ele ficar sem brilho, quebradiço e fraco pode ser sinal de que está faltando nutrientes na dieta. 

Para ter um cabelo nutrido e brilhoso deve-se investir em alimentos que o fortaleçam e que contenham antioxidantes para preservar e renovar as células capilares, proteínas para dar estrutura , além das vitaminas e minerais que são essenciais para a saúde das fibras. Elas vão estimular a síntese de queratina, que é a parte principal do fio, e retardar o envelhecimento e proteger dos constantes desgastes provocados por processos químicos, radiação solar, quebra e outros .. 

O que é a queratina do cabelo ?

A queratina é uma proteína composta por 15 aminoácidos, sendo um deles predominantemente a cisteína. Ela promove a impermeabilidade ajudando a reter água e nutrientes dentro das células e promove a resistência, elasticidade e espessura do fio. Ela representa aproximadamente 90% de toda a estrutura dos folículos formando uma camada protetora externa dando um aspecto brilhoso e saudável, porém quando essa camada é agredida por químicas, estresse, má alimentação, ela é rompida e se degrada deixando o cabelo fraco, quebradiço e sem vitalidade. 

A cisteína é o principal aminoácido na formação da queratina associada ao formato e ondulação do cabelo, quanto maior a quantidade de ligações químicas envolvendo a cisteína o fio tiver, mais ondulado ele será. 

Sendo assim, para que o cabelo seja forte e resistente deve-se, além dos tratamentos externos, ingerir alimentos diariamente que contenham nutrientes que aumentam e melhoram a produção de queratina, além de uma boa ingestão de água já que ela compõe cerca de 12% dessa estrutura. 

Cabelo antes e depois da queratina
Cabelo antes e depois da queratina

Quais alimentos ingerir para ter cabelos mais fortes ?

Carnes :

Proteínas são imprescindíveis no cardápio pois compõem a fibra capilar e possuem uma grande quantidade de ferro e vitaminas do complexo B que atuam como coadjuvante na formação 

da queratina. Prefira os cortes mais magros, pois a gordura em excesso aumenta a produção de radicais livres.  

Ovos : 

Rico em aminoácidos, ferro, zinco e selênio e principalmente em biotina que está associada ao crescimento do cabelo quando há problema de queda excessiva e enfraquecimento dos fios.

Peixes :

São ricos em gorduras boas como o ômega 3 e contém a vitamina B1, cálcio, fósforo, ferro e vitamina B12 que ajudam a melhorar a circulação e a oxigenação do couro cabeludo levando mais nutrientes para as células capilares. Consuma Salmão, atum, sardinha ..

Oleoginosas :

Castanha do caju e do pará, nozes, amêndoas, macadâmia, pistache .. Todas elas são ricas de gorduras poli e monoinsaturadas como os ômegas 3, 6 e 9. Elas tem função anti-inflamatória agindo na produção sebácea, tem propriedades emolientes hidratantes e proporciona resistência a oxidação e desidratação. Também é uma boa fonte de biotina e vitamina E, um importante antioxidante que ajuda a neutralizar os radicais livres e retardar o envelhecimento do s fios.

Frutas Vermelhas :

Possui potente ação antioxidante combatendo os radicias livres e o envelhecimento precoce das células. A vitamina C presente, além de ajudar na absorção do ferro, preserva a elasticidade dos fios, melhora a microcirculação do couro cabeludo e previne os danos causados pelo raios UV. Ela também está ligada a hidratação e a prevenção da queda. Consuma morango, mirtilo, cereja, amora, framboesa e jabuticaba.

pele antes e depois da queratina
pele antes e depois da queratina

Cereais Integrais :

Arroz integral, aveia, gérmen de trigo, centeio, cevada .. Eles possuem grandes concentrações de zinco e vitaminas do complexo B que favorece o crescimento e o fortalecimento dos fios. Eles ajudam no controle da oleosidade e na renovação das células capilares.

Semente de girassol e semente de abóbora :

Possuem alta concentração de vitamina E, ferro e L-lisina que ajudam a evitar a quebra e a queda de cabelo.

Vegetais verde escuros :

São ricos em diversas vitaminas como A, C, E e K e minerais como ferro, potássio, magnésio e zinco que favorecem o transporte de oxigênio pelo sangue e a formação do cabelo tornando os fios mais espessos e fortes. A vitamina A interfere na produção de sebo, o que ajuda a manter o couro cabeludo mais hidratado e saudável. 

Alguns também são fontes de enxofre que está presente nas ligações químicas das proteínas que permite que o fio se torne mais resistente.

Banana :

Rica em magnésio, auxilia na produção das proteínas que compõem os fios, além de protegê-lo e promover elasticidade.

Cenoura, abóbora e tomate :

Muito conhecidos pela sua alta concentração de vitamina A e betacaroteno, com ação antioxidante e atua no controle da produção sebácea e da oleosidade do couro cabeludo. A deficiência de betacaroteno está associada a descamação do couro cabeludo, a queda e a dificuldade do nascimento de novos fios. 

O tomate ainda possui muita água em sua composição o que o torna um grande aliado na hidratação e também tem função anti caspa diminuindo a coceira na cabeça.

Alho e Cebola :

São fontes de Cisteína, uma parte importante da composição da queratina dos fios e em quantidades adequadas garante a saúde e a vitalidade do cabelo.

Água :

Muito importante lembrar sempre de beber água e manter-se hidratado, quanto mais água beber, melhorar será a aparência de seus cabelos. Ela circula por todo o corpo levando os nutrientes para cada célula e levando embora as toxinas e resíduos indesejados. Sem ela a absorção dos nutrientes fica comprometida.

Publicado em Deixe um comentário

O QUE COMPRAR NO MERCADO PARA DIETA VEGETARIANA

Lista de supermercado para alimentos vegetarianosTempo de Leitura: 4 minutos

A diferença entre vegetarianos e veganos está no estilo de vida . Ambos não se alimentam de
produtos de origem animal, porém o vegano, além de não comer, também não consome
produtos de origem animal como roupas, cosméticos, utensílios . A comida vegetariana e
vegana são a mesma .


Vegetarianos já são quase 20% da população global . A dieta vegetariana é mais sustentável e
faz bem para a saúde, já que a população vegetariana tem quase 30% menos chance de
desenvolver doenças cardiovasculares . Isso se deve ao fato de que vegetais, diferentes das
carnes, não possuem gordura saturada . Sendo vegano você aumenta a ingestão de fibras, se
sente mais saciado e consequentemente ajuda também no emagrecimento .


Mas assim como toda dieta, para que você consiga fazer com sucesso precisa de organização .
Estocando os ingredientes corretos, você não precisar recorrer à aplicativos e muito menos a
produtos processados . Hoje em dia, além da variedade de vegetais, existem receitas testadas,
produtos e utensílios que podem facilitar a vida de quem quer ser vegetariano . Vamos
começar ?

O QUE COMPRAR :

O que comprar no supermercado lista vegano
O que comprar no supermercado lista vegano

Leguminosas: Lentilhas, feijões, grão de bico – Existe uma variada de opções . A sua única preocupação será deixa-las de molho de um dia para o outro, para retirar os anti-nutrientes e facilitar a digestão . São excelentes fontes de proteína e caem muito bem em receitas vegetarianas como saladas, tortas e sopas .

Cereais : Quinoa, arroz integral , macarrão integral , milho – Fontes de proteína que podem ser utilizadas em saladas, risotos e fritadas veganas . 

Frutas : Banana, morangos, laranjas, kiwiFrutas devem ser porcionadas no mínimo 3 vezes ao dia pois são fontes de fibras, vitaminas e minerais . Escolha sua favorita para o café da manhã ou lanche com leite vegetal, granola e sementes para montar bowls criativos . 

Frutas Oleosas : Abacate e côco – São duas frutas versáteis que podem ser utilizadas para fazer molhos, maionese ou incrementar receitas . Com o côco podemos fazer leite vegetal para consumir no café da manhã, adicionar à receitas ou picado para encorpar bowls nutritivos .

Sementes : Gergelim, linhaça, chia, semente de abóbora, semente de girassolO gergelim é uma fonte vegetal de cálcio e pode ser utilizado para fazer Tahine, um molho que fica bom com a maioria dos cereais e pode ser passado em torradas e pães . A semente de linhaça é uma boa fonte de ômega 3, e a farinha pode ser utilizada hidratada como gel para substituir os ovos em preparações como bolos e panquecas . A semente de abóbora é uma boa fonte de proteína e pode ser utilizada em saladas e receitas .

Oleaginosas : Amêndoas, castanhas, amendoim – São fontes de vitaminas, minerais e ômega 3. Podem ser utilizadas para fazer leites e cremes vegetais, além da famosa pasta de amendoim, que cai muito bem para lanches e preparações doces . Só fique atento a quantidade, pois as porções podem ter uma grande quantidade de calorias .

Legumes : Abuse do uso para preparações criativas . Os favoritos do público vegano são a abobrinha, berinjela, tomates, cogumelos e palmitos . Essas opções possuem poucos carboidratos em grandes porções, e podem ser combinados com outras fontes de carboidrato como mandioca, batatas, macarrão e arroz . Hoje já existem utensílios que conseguem produzir “ macarrão” de abobrinha, cenoura e outros legumes, deixando as preparações com cara de fast food porém nutritivas . 

Vegetais : Alface, chicória, espinafre, repolho, brócolis  – Estoque-os (conscientemente) e você terá mais opções para compor seus pratos e incluir muito mais fibras à sua alimentação .

Tofu – O tofu que encontramos no mercado é mais caro e pode vir com substâncias adicionadas, assim como qualquer produto industrializado . Os melhores você encontra em pequenas feiras que podem ter próximo à sua casa ou trabalho, além de ser mais barato . O tofu é versátil e pode ser utilizado como pasta para fazer iogurtes, grelhado no forno para imitar pequenos pedaços de frango temperados ou fatiado . O legal é tempera-lo a seu gosto. Fica uma delícia com molho shoyo .

O QUE NÃO COMPRAR :

O que não comprar no supermercado lista vegetariana
O que não comprar no supermercado lista vegetariana

Tome cuidado para não exagerar nos alimentos processados, que são fontes de aditivos, conservantes e gorduras . 

Limite a quantidade de açúcar, molhos prontos e fique atento à porção de óleos nas preparações . 

COMO APROVEITAR AO MÁXIMO OS BENEFÍCIOS DA DIETA VEGETARIANA :

A única desvantagem da dieta vegetariana é que se não for bem orientada pode causar deficiências nutricionais, como a falta do ômega 3 e da vitamina B12 . Explore a variedade de nutrientes, monte um prato bonito e tenha um nutricionista para te ajudar com a quantidade ideal de porções de acordo com seu organismo . 

Publicado em Deixe um comentário

Receitas Fitness: Separamos as mais gostosas e fáceis para você fazer na sua casa e melhorar sua saúde!

Tempo de Leitura: 5 minutos

Sabemos que as receitas fitness estão na moda, principalmente em uma fase onde as pessoas buscam cada vez mais se alimentarem de forma mais saudável, não largando mão da praticidade.

Confira neste artigo várias receitas fitness com frango, com batata doce, com banana, com ovo e outros ingredientes que são muito nutritivos e ajuda o organismo a funcionar melhor.

Receitas Fitness com frango

As receitas fitness com frango são indicadas para aquelas pessoas que procuram por uma dieta rica em proteínas e com pouquíssimas calorias.

O frango é um alimento que pode ser usado em várias receitas, dando maior sabor ao prato.

Receita com frango desfiado

  • 3 colheres (de sopa) de farelo ou farinha de aveia;
  • 9 colheres (de sopa) de água filtrada;
  • Frango desfiado e temperado à gosto;
  • Óleo de coco;
  • Sal a gosto;

Misture a aveia, o sal e a água, e depois de uns minutos faça as panquecas recheando com o frango.

receita fitness frango

Receitas com ovo

Além de ser um alimento que traz muitos benefícios a saúde, o ovo é ingrediente básico de muitas pessoas. A próxima receita também é de panqueca, mas feita somente com ovos e banana.

Receita fit com ovo

  • 2 ovos inteiros;
  • 1 banana média.

Bata tudo no liquidificador e asse em fogo baixo. Se desejar, acrescente um refogado de verduras.

Com couve Flor

A couve flor está sempre presente na dieta de quem deseja emagrecer, pois essa hortaliça tem poucas calorias. Entre as muitas receitas fitness com esse alimento está o arroz de couve flor.

Receita fitness com couve flor

  • Uma couve flor inteira;
  • Metade de uma cebola picadinha;
  • Um dente de alho grande ralado;
  • Sal e cheiro verde a gosto;
  • 1 colher de azeite extra virgem.

Coloque a couve flor cortado no liquidificador, usando a opção ‘pulsar’ até ficar triturado. Depois é só preparar o arroz!

arroz de couve flor

Receitas com batata doce

Por conter uma proteína de boa qualidade, a batata doce é um alimento que não podem faltar nas receitas fitness. Com baixa caloria e muitas fibras, ela é a queridinha de quem segue uma dieta para ganhar massa muscular.

Receita fitness com batata doce assada

Depois de cozinhada, corte em fatias largas a batata doce e asse no óleo de coco, acrescentando sal e temperos a gosto.

receita fitness

Receitas fitness com banana

A banana é uma fruta rica em potássio fundamental para a prevenção de câimbras, além de dar mais energia para a realização de atividades físicas. A banana é um dos alimentos mais utilizados nas receitas fitness.

Receita de shake de banana

Bata no liquidificador por 5 minutos duas bananas recém tiradas do congelador, um copo de 200 ml de leite desnatado e uma colher de sopa de whey protein.

receita fitness

Com abacate

O abacate é um alimento completo e muito usado nas receitas fitness. Ele dá muito sabor ao prato, porém é muito calórico. Então é preciso atenção para não exagerar.

Receita de salada com abacate

  • Um abacate pequeno e maduro cortado de sua preferência;
  • Meio quilo de tomate cereja;
  • Um pepino japonês fatiado;
  • Uma cebola média fatiada;
  • Meia manga fatiada;
  • Uma colher de sobremesa de gergelim.

Misture tudo e tempere com limão.

receita fitness

Receitas fitness de café da manhã

É importante ter no café da manhã alimentos ricos em água e fibras, que ajudarão a reduzir a fome no decorrer da manhã, além de melhorar o funcionamento do intestino.

Receita de vitamina fit

Bata no liquidificador um copo de iogurte, uma banana média, uma maçã, metade de um mamão e uma colher de sopa de aveia. Tome em seguida.

receita fitness

De almoço

Existem muitas receitas que tornam o horário do almoço mais atrativo. Nas receitas fitness é importante ter saladas e proteínas.  Vamos ver agora uma das muitas receitas fitness para almoço, a base de salada.

Receita de salada com peito de frango

Na salada inclua alimentos como alface, tomate cereja, pepino, cebola roxa, rúcula e espinafre. Tempere com limão e azeite e acrescente o peito de frango já temperado e grelhado.

salada de peito de frango

Jantar

Na hora da janta procure comer alimentos leves, evitando alimentos industrializados e gordurosos. Veja a receita de crepioca, muito fácil de fazer:

Receita de crepioca

  • 1 ovo;
  • 2 colheres de massa de tapioca;
  • Sal;
  • Tempero a gosto.

Depois de bater o ovo, acrescente o restante. Faça a crepioca com o recheio de sua preferência.

receita fitness

Doces

Nas receitas fitness o açúcar refinado não tem vez.  Porém, na sobremesa doce é permitido o açúcar mascavo, demerara e stevia. Confira a receita a seguir:

Receita de trufa fit

Misture uma colher de cacau em pó, uma colher de creme de amendoim, uma colher de óleo de coco e mais uma colher de açúcar demerara, e por fim, passar no pó de cacau.

receita fitness

Receitas fitness de microondas

Uma das muitas receitas fitness preparadas no microondas, é a batata chips feitos com banana da terra. Depois de cozida, corte em fatias e leve ao microondas por 10 minutos.

banana chips receitas fitness

Publicado em Deixe um comentário

Dieta cetogênica para hipertrofia: Como funciona? Quais são os alimentos permitidos?

Tempo de Leitura: 4 minutos

Você já deve ter ouviu falar algum dia sobre a dieta cetogênica? Ela é, basicamente, uma dieta que surgiu para o tratamento de epilepsia, basicamente ela é rica em gorduras, moderada em proteínas e pobre em carboidratos, permite uma queima das gorduras pelo fígado resultando na formação de alguns corpos cetônicos no sangue.

Esses corpos cetônicos que são produzidos são utilizados na produção de cetose, que é importante para o tratamento das crises de epilepsia, hoje em dia, a dieta possui vários outros objetivos, mas é necessário sempre muito cuidado.

O excesso de cetose no organismo pode causar uma pequena perda de massa muscular, o que certamente não é o objetivo de algumas pessoas em sua grande maioria das vezes, não é mesmo?

Então hoje vou esclarecer aqui para vocês as principais dúvidas relacionadas à dieta cetogênica.

Como surgiu a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica não é uma daquelas dietas milagrosas, onde você encontra um cardápio pronto para ser seguido e é muito importante que você intenda isso.

Ela foi criada na década de 80 para tratar crianças e adolescentes que sofriam de epilepsia, era calculada de forma muito rigorosa, com base na altura peso e idade da pessoa que iria ser submetida ao tratamento.

As crianças que eram submetidas à dieta cetogênica precisavam ser internadas em um hospital e permanecer em jejum de qualquer tipo de alimentos sólidos e líquidos por até 36 horas, isso mesmo 36 horas imagine você nessa situação? Então por aí já deu para perceber que é bem mais complexo do que se imagina.

Após o período de jejum, a dieta era iniciada com essas crianças, mas essa dieta era de acordo com o cálculo feito inicialmente, sendo 90% das necessidades diárias supridas através de gorduras.

Não estou dizendo que você deve se internar em um hospital para fazer a dieta cetogênica, estou apenas colocando essa informação com intuito de conscientizar e porque sei que é a curiosidade de muitas pessoas sobre o assunto.

Mas por que esse estilo de dieta está sendo tão utilizado com o público que busca hipertrofia?

Essa é a pergunta que não quer calar! E não é para menos. Muitos que frequentam academia hoje em dia buscam por esse tipo de dieta, não só academia mas esportes com alto gasto calórico também.

Você já deve ter ouvido falar que quando queremos perder peso “devemos consumir menos calorias do que gastamos” não é mesmo? Essa informação é real, e quanto a isso não há questionamentos.

Com a dieta cetogênica, você irá fazer exatamente isso, consumir menos calorias e deixando com que seu corpo consuma o que já se tem estocado na grande maioria dos casos, assim consequentemente seu corpo irá queimar gorduras indesejadas.

Mas nem tudo é tão simples como parece, quando se entrar em cetose, nosso corpo também busca energia nas proteínas, que são essenciais para o desenvolvimento dos nossos músculos, então, ao começar a dieta, você irá queimar gorduras, mas também poderá perder massa muscular.

Então antes de se aventurar e dar início a esta dieta, vale a pena uma boa conversa com seu nutricionista para que ele lhe oriente o melhor a ser feito.

Como funciona a dieta cetogênica?

dieta cetogênica para hipertrofia

Se você pretende dar início a dieta cetogênica você precisa estar ciente de que qualquer tipo de carboidratos como pães, bolos, massas, arroz, chocolate, etc.. Serão eliminados do seu cardápio.

Vale ressaltar que nem mesmo as versões integrais ou light desses alimentos são permitidas, no início pode parecer ruim, mas garanto que vale o sacrifício, e com o passar do tempo de verdade mesmo, você não vai ficar se preocupando porque não pode comer um pãozinho no café da manhã.

Mas há uma compensação, você não pode comer carboidratos, mas a dieta cetogênica permite que qualquer tipo de alimento com base em gordura e proteína seja consumido, assim como queijos, tem coisa melhor que um cafezinho com queijo? Quem é de Minas vai me entender bem.

Então alimentos como carne vermelha, salmão e outros tipos de peixe, ovos, queijos, frango, frutas e legumes estão liberados.

Dieta cetogênica para hipertrofia: Alimentos que devem ser evitados

Estão proibidos na dieta cetogênica os cereais a base de (milho, arroz, trigo e outros), alimentos que contenham farinha de trigo ou milho (pães, bolos, bolachas, entre outros), tubérculos (batata, inhame, batata-doce, mandioca e outros), grãos (feijão, ervilha, amendoim, lentilha e outros) e qualquer tipo de açúcar, seja sacarose, glicose, lactose ou frutose.

Alimentos permitidos

dieta cetogênica para hipertrofia

É completamente liberado o consumo de verduras e legumes (tomate, alface, repolho, berinjela, cebola, quiabo, pepino, brócolis, jiló, entre outros), carnes vermelhas, queijos, peixes, frango, bacon, ovos, carne de porco e bebidas que não contenham carboidratos em sua composição.

Vale a pena lembrar que não se deve sair consumindo todos esses alimentos deliberadamente e sem orientação, essa dieta como disse anteriormente deve ser criteriosamente calculada e individualizada para cada pessoa, então antes de sair comento tudo que é permitido pela dieta, consulte o seu nutricionista e veja a opinião dele também sobre o assunto ok.

E ai gostou do texto sobre Dieta cetogênica para hipertrofia? Clique aqui e saiba mais!

Publicado em Deixe um comentário

Dieta fitness: Dicas para fazer a de diate certa para o seu objetivo!

Tempo de Leitura: 6 minutosDieta fitness para emagrecer

É praticamente uma necessidade dos tempos atuais que as pessoas façam uma dieta fitness e tenham um corpo em forma, saudável e uma vida bem feliz e contagiante. Porém, não é tão simples assim. Cada pessoa tem as suas especificidades e uma dieta fitness não serve para todos. É preciso que cada um tenha a sua própria.

Neste texto, você vai entender de fato o que é a dieta fitness e como fazê-la para que você aproveite o que há de melhor no seu organismo. Veja tudo isso e muito mais nos próximos tópicos!

O que é Dieta fitness?

A dieta fitness é uma forma de você se alimentar bem todos os dias, sem faltar nenhum tipo de nutriente para o seu corpo ficar saudável e em forma. Por isso, ela deve ser específica para cada tipo de pessoa.

Tem gente que tem mais facilidade em engordar, por exemplo, e precisa de uma dieta fitness de baixa caloria, para mandar embora a massa gorda e trazer com força a massa magra e a hipertrofia.

Existem também pessoas que não consegue ganhar massa muscular de jeito nenhum. Elas precisam de um outro tipo de dieta fitness, com muitas calorias e altamente proteica para gerar força e músculos.

Assim, ao definir o seu estilo, o tipo de cordo que deseja ter e quais as suas limitações é que a dieta fitness deve ser escolhida.

O que comer?

Tudo vai depender do seu estilo de corpo, mas o mais comum é que a dieta fitness seja muito rica em proteínas e gorduras boas, enquanto os carboidratos são deixados de lado. Com isso, o atleta vai adquirir muita massa muscular, energia para melhorar os seus resultados no treino, além de vitaminas e sais essenciais para uma vida saudável.

Normalmente, a dieta fitness é uma mistura de muitos vegetais, frutas e legumes com bons carboidratos, como o inhame e a batata-doce. Além disso, se você come carne, as mais magras como frango, partes nobres da carne bovina e o peixe também são bem indicados. As leguminosas e o azeite são quem mandam nas gorduras essenciais para se ter energia e força para enfrentar os fortes e intensos treinos.

Junto da alimentação, a dieta fitness também traz os tipos de exercícios físicos que você deve fazer todos os dias. E são todos os dias mesmo, se quiser tirar um dia de folga, escolha o domingo, mas o resto da semana é todo de atividades.

Dieta fitness para definição

O melhor para a hipertrofia ou a definição dos músculos é o consumo de aminoácidos essenciais. Os aminoácidos são micropartículas que se encontram nos alimentos com alto nível de proteína. Você vai conseguir essa definição  ao consumir peito de frango, sem pele, grelhado, cozido, desfiado. Outras carnes magras e a clara do ovo também são excelentes opções para conseguir esses resultados.

Existem também alguns outros alimentos que são ricos em proteínas e não são carnes. Ótimos para quem faz parte de uma dieta vegana e não consome alimentos de origem animal. Todas as folhas verdes, principalmente as mais escuras, possuem muitas proteínas essenciais. Você também pode consumir soja, milho, feijão e outros alimentos bem ricos em aminoácidos.

Além disso tudo, tem o uso do maravilhoso e super conhecido Whey Protein. O suplemento é carregado de aminoácidos essenciais e se tomado corretamente vai te ajudar bastante na dieta fitness e na busca pela hipertrofia.

Clique Aqui e veja mais sobre Dieta para definir!

Dieta fitness para definir

Para secar

Se o seu problema for os quilinhos a mais de massa gorda e quiser secar, a dica é fazer uma dieta fitness rica em frutas, folhas e grãos diversos. Essa mistura de ingredientes vai regular o seu intestino, limpar o seu fígado e eliminar todas as gorduras e carboidratos indesejados do seu corpo.

Lentilha, granola, linhaça, aveia, feijão, folhas verdes em geral e frutas diversas. Use e abuse desses alimentos para que a sua dieta fitness seja um verdadeiro sucesso. Também faça uso dos chás e dos sucos detox, eles vão te ajudar bastante nessa empreitada. Outra dica muito importante é eliminar, de uma vez por todas, o carboidrato da sua vida. Tchau pão, bolo, massa, pizza e tudo que tiver farinha no meio.

Veja mais dicas sobre Dietas para emagrecer!

Para ganhar massa magra

Se a sua intenção é ganhar massa magra, a dica é a famosa mistura entre o filé de peito de frango grelhado com a batata-doce cozida. É a união perfeita na busca pela massa magra. Melhor ainda se tiver um toque de azeite para temperar e finalizar esse prato perfeito.

A massa magra se ganha com muita proteína, carboidrato bom e gordura boa. É a mistura dos três que o resultado é garantido!

Veja dicas Dieta para ganhar massa!

Para hipertrofia

A dieta fitness da hipertrofia é a mesma para a definição. Muita proteína, muito Whey Protein, muita carne magra, muita folha verde, muito feijão e soja!

Dieta fitness para ganhar massa

Exemplo de cardápio dieta fitness

O exemplo de cardápio ideal de uma dieta fitness que visa acabar com a massa gorda e fortalecer os músculos é feita a partir da ideia de 5 refeições diárias. No café da manhã, você precisa comer bem, com uma batata-doce cozida, frutas, muitos grãos e uma boa dose de Whey Protein.

Nas refeições intermediárias que são o lanche da manhã e o da tarde, prefira comer frutas, alimentos bem leves, com grãos e, em uma situação, uma tapioca com frango cozido desfiado temperado com azeite.

O almoço precisa ser recheado de folhas verdes, grãos, proteína, carboidratos bons e gorduras boas. A proteína pode ser um peito de frango, ou um peixe, ou uma carne bovina sem gordura. Já o carboidrato é a batata-doce ou o inhame e a gordura pode ser um azeite ou uma leguminosa, como a castanha e o amendoim.

No jantar, a refeição precisa ser mais leve. Encha o seu prato de folhas verdes e coloque uma proteína, como um filé de frango ou de peixe. Pronto, cardápio do dia feito e você preparado para ter um corpo fitness e saudável.

QuitoPlan: Suplemento para emagrecer

Para complementar sua dieta fitness para emagrecer você pode utilizar um suplemento para emagrecer que vai acelerar seu resultados de perda de peso. O QuitoPlan é uma excelente opção. Ela conta com vibras poderosas que ao entrarem em contato com o organismo se transformam em um poderoso gel que absorve a gordura e facilita sua eliminação. Além disso, elas geram saciedade, o que ajuda você a reduzir a quantidade de comida que você vai ingerir durante o dia.

Mais do que um suplemento o QuitoPlan é um plano que vai te ajudar a emagrecer de forma rápida. Comprando o suplemento você recebe acesso a um material, guias, que vão te ajudar a se alimentar melhor, desintoxicar seu organismo e a identificar problemas que podem estar travando o seu emagrecimento.

Potes do QuitoPlan


CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O PRODUTO!


Benefícios

Com o QuitoPlan você vai:

depoimento de quem usou o QuitoPlan

Onde comprar?

O QuitoPlan é vendido de forma exclusiva através do seu Site Oficial, por isso, se você tem interesse em adquirir este produto, você deve acessar o www.quitoplan.com.br e escolher uma das ofertas disponíveis. O Site é seguro, por isso pode realizar sua compra com tranquilidade. Quer saber mais sobre o produto, seus preços ou realizar a compra agora mesmo? Clique no botão abaixo que você será redirecionado para o Site Oficial do produto.

Taurus Rage: Suplemento para ganho de massa e definição

Se seu objetivo e fazer uma dieta fitness para ganho de massa ou definição o Taurus Rage pode te ajudar. Trata-se de um suplemento natural, que através da sua composição melhorar seu desempenho nos treinos, fazendo com que você ganhe massa mais rápido e também atinge a definição muscular de forma mais acelerada.

pote de Taurus Rage


CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE O PRODUTO!


Benefícios

  • Auxiliar na definição muscular;
  • Auxiliar no ganho de massa;
  • Aumento do metabolismo basal;
  • Ter mais energia, para treinos mais intensos;
  • Aumentar sua força;
  • Melhorar o foco;
  • Maior disposição.

taurus rage

Onde comprar?

O produto é vendido em seu Site Oficial, para realizar sua compra você precisa acessar o www.taurusrage.com e escolher uma das ofertas disponíveis. O Site é protegido com sistema de segurança e por isso seus dados pessoais e financeiros vão estar seguros. Para saber mais sobre o Taurus Rage, seus preços ou realizar sua compra agora mesmo, clique no botão abaixo que você será redirecionado para o Site Oficial do produto.

Se tiver gostado deste texto sobre dieta fitness, compartilhe-o com seus amigos nas suas redes sociais!

Publicado em Deixe um comentário

Dieta para ganhar massa muscular: Descubra tudo sobre ela!

Tempo de Leitura: 4 minutosDieta para ganhar massa muscular

Muitas pessoas precisam ganhar massa muscular para ter um corpo do jeito que sempre sonharam. Esse tipo de dieta não vai fazer a pessoa engordar, mas sim ter mais músculos e um corpo 100% definido. Para conseguir chegar a esse nível, é preciso muita força de vontade, alimentação bem balanceada e bastante exercício físico. Nos tópicos a seguir você vai ver como se faz de fato uma verdadeira dieta para ganhar massa muscular. Confira!

Para que serve Dieta para ganhar massa muscular?

A dieta para ganhar massa muscular também pode ser chamada de dieta para ganhar massa magra e está aí toda a diferença dela para o simples fato de aumentar de peso. Ganhar massa magra é aumentar os seus músculos de forma saudável, não é comendo todas as besteiras que vê pela frente.

Para ter mais músculos, mais massa magra, um corpo definido e bem bonito, você vai precisar investir em uma alimentação balanceada, equilibrada, saudável e intensa. Por exemplo, no lugar de comer uma clara de ovo por dia, vai passar a comer duas, três, quatro ou até mesmo cinco.

Além disso, fazer o uso de suplementos, como o Whey Protein e o BCAA são muito importantes para conseguir chegar aos resultados esperados. A dieta vai permanecer fitness, com proteínas leves, carboidratos e gorduras boas, muitos vegetais e frutas. O que vai mudar é a quantidade e a forma como você vai comer esses alimentos.

marmitas para o Dieta para ganhar massa muscular

Como fazer?

Para fazer uma dieta para ganhar massa muscular da forma correta, o ideal é procurar um endocrinologista, um nutricionista e um personal traines. A mistura desses três profissionais é que vai te fornecer uma dieta rica para poder ficar com um corpo forte, definido e cheio de músculos.

A primeira atitude a ser definida é a dieta em si. Os tipos de alimentos que vai consumir, a quantidade progressiva, o número de refeições e tudo que envolva a questão da alimentação. Depois disso, vai ser preciso pensar em suplementos alimentares necessários para que você consiga alcançar os resultados almejados.

Por fim, a dieta para ganhar massa muscular precisa também de um bom treino de exercícios físicos. A intensidade vai variar de moderada para a intensa e você vai puxar muito peso, além de fazer bastantes exercícios musculares. No caso de ganhar massa magra é preciso deixar os aeróbicos de lado e investir na musculação de verdade.

Dieta para ganhar massa muscular: O que comer?

A dieta para ganhar massa muscular é igual à famosa dieta fitness. Ela precisa ter proteínas leves, grãos, folhas verdes, carboidratos bons, gorduras boas e muitas frutas. Tudo isso aliado a bastante água e demais líquidos saudáveis.

Para que essa dieta dê certo, é preciso também evitar o consumo de doces, bebidas alcoólicas, hambúrgueres, pizzas, salgados e demais guloseimas que apesar de gostosas vão atrapalhar completamente os seus resultados.

Entre as comidas principais estão: filé de peito de frango, batata-doce, inhame, grão-de-bico, lentilha, feijão, soja, milho, folhas verdes diversas, frutas diversas, azeite de oliva, castanha, amêndoas e nozes.

O ideal é procurar um profissional e fazer uma dieta perfeita para o seu tipo de corpo. Em poucos meses você já vai sentir alguns resultados bem positivos.

O que não comer?

Você deve não comer tudo aquilo que já sabe muito bem que não deve. Frituras, carnes gordurosas, salgados, fast food, massas diversas, farinha de trigo, produtos não integrais, doces, bebidas alcoólicas, refrigerantes, entre outros. Fique bem distante de tudo isso que o seu resultado será positivo.

Dicas

As principais dicas são os hábitos saudáveis. Misture uma alimentação balanceada e equilibrada, com exercícios físicos regulares e intensos, durma bem e evite o consumo de bebidas, cigarro e demais drogas.

Essa junção de coisas boas vai mudar a sua vida para sempre. Pode confiar que a dica é certeira e você vai adorar!

Homem fazendo Dieta para ganhar massa muscular

Cardápio

O cardápio deve ser dividido de acordo com as suas necessidades, mas normalmente os endocrinologistas e nutrólogos indicam de 5 a 6 refeições por dia. Todas elas vão precisar ser bem intensas, exceto a última antes de dormir. Muita proteína, muita folha verde, muita leguminosa, muito grão.

Treino

Já o treino para ganhar massa muscular é bem diferente dos que buscam perder peso. Você precisa evitar, ao máximo, os exercícios aeróbicos: corrida, caminhada, ciclismo, natação. É necessário que o atleta invista em musculação, levantar cada vez mais peso e buscar se superar a cada dia.

Taurus Rage: Suplemento para ganho de massa muscular

Taurus Rage é um suplemento 100% natural, ele foi desenvolvido para melhorar o desempenho nos treinos e favorecer o ganho de massa e a definição muscular. Seu principal componente é a cafeína e por ser natural ele traz resultados sem causar nenhum efeito colateral.

Clique Aqui para saber mais!

pote do Taurus Rage

Benefícios do uso

  • Auxiliar na definição muscular;
  • Auxiliar no ganho de massa;
  • Aumento do metabolismo basal;
  • Ter mais energia, para treinos mais intensos;
  • Aumentar sua força;
  • Melhorar o foco;
  • Maior disposição.

taurus rage depoimento

Onde comprar o Taurus Rage?

O Taurus Rage é vendido em seu Site Oficial, por isso você pode adquiri-lo agora mesmo sem sair de casa. Para comprar basta acessar o www.taurusrage.com escolher uma das ofertas. O site é protegido e por isso seus dados vão estar seguros. Para realizar sua compra agora mesmo clique no botão abaixo que você será redirecionado para o Site Oficial do produto.

Neste texto você pode aprender tudo a respeito da famosa dieta para ganhar massa muscular. Se tiver gostado dele, compartilhe-o nas suas redes sociais!