Publicado em Deixe um comentário

Benefícios da natação no ganho de massa magra

Tempo de Leitura: 2 minutos

O calor já chegou forte e se refrescar não só nas férias, mas no dia a dia, já virou prioridade para muitos. Aliar a rotina de exercícios a uma atividade refrescante pode ser mais simples do que muitos imaginariam. A dica é adotar um esporte na água, a natação.

Além de divertida, a natação leva fama de ser um esporte completo. Quando praticada em suas quatro modalidades olímpicas (crawl, costas, peito e borboleta) a atividade trabalha todos os grupos musculares. Lembrando também que, devido ao amortecimento dos impactos dentro da água, o risco de lesões é baixo. Inclusive, a indicação da prática desse esporte para a correção de lesões é frequente.

natacao

O crawl é a modalidade mais praticada no dia a dia, quando o nadador faz o movimento com os braços como um remo e bate os pés. Alguns dos músculos trabalhos nessa modalidade são trapézio, abdominais, bíceps femural e quadríceps. Na modalidade costas, o nadador realiza praticamente um crawl, mas com a barriga voltada para cima, trabalha flexores de punho, peitoral, grande dorsal, entre outros. No nado borboleta, também conhecido como golfinho, o movimento é parecido com o desempenhado por esse mamífero, os braços ficam colados ao corpo. Já na modalidade peito, o corpo fica na posição similar ao crawl, mas os braços se movimentam simultaneamente. Em ambos, músculos da região das costas, peito, abdominal, braços e pernas são trabalhados

Quando praticada de forma correta, a natação reduz a gordura corporal e fortalece os músculos. O que não significa que o esporte causa a hipertrofia, mas aliado a exercícios corretos de musculação ele pode ajudar nesse processo. Isso porque, além de fortalecer as fibras lentas, a natação melhora a circulação dos vasos sanguíneos, o que contribui na reconstituição muscular das microlesões causadas pela musculação.

É possível também praticar o esporte focado em resistência, nadando maiores distâncias lentamente, ou em intensidade, realizando pequenos tiros de velocidade. A escolha do estilo de treino vai variar de acordo com seus objetivos físicos. O importante é buscar desempenhar as quatro modalidades da natação para trabalhar igualmente os diferentes grupos musculares.

Consequências da prática de natação:

– Queima calórica (média 600kcal/aula);

Queima de gordura;

– Aumento da capacidade cardiorrespiratória;

– Fortalecimento dos músculos;

– Definição corporal;

– Aumento de resistência física.

Para bons resultados é importante praticar o esporte regularmente, ao menos duas vezes por semana, e manter uma alimentação balanceada, suprindo suas necessidades corporais. Lembre-se também de usar o equipamento adequado, como touca, óculos e roupa de banho, e buscar o auxílio de um profissional qualificado para iniciar seu treino. Agora é só partir para o mergulho!

Publicado em Deixe um comentário

Férias: como manter a prática de atividades físicas

Tempo de Leitura: 2 minutos

O verão chegou e com ele as prometidas férias para muitos. Para aqueles que acreditam que é impossível viajar e não perder o pique da geração saúde, deixamos a nossa mensagem: Você está enganado! Existem várias formar de manter-se em movimento, mesmo durante as férias E o que é melhor, sem perder a chance de aproveitar o máximo da cidade que escolheu como destino. Não acredita? Acompanhe essas dicas:

exercicio-ferias

Vá a pé

Se viajou de carro, deixe o mesmo o máximo possível estacionado e vá a pé. Uma boa caminhada, além de ser um excelente exercício físico, é a maneira mais fácil de desfrutar realmente a cidade que está conhecendo.

As caminhadas também valem para conhecer a praia de uma ponta a outra, e se optar por fazê-la com roupas de banho ainda pode ganhar aquele desejado bronzeado! Só não se esqueça de passar o protetor solar e continuar desfrutando da sua viagem sem incômodos nos próximos dias.

Agora que sabe que esta é uma ótima oportunidade de manter a sua prática de atividades físicas em dia, até mesmo durante as férias, não esqueça de colocar o tênis próprio para exercícios na mala.

Alugue bicicletas

Uma maneira também simples de se manter em movimento durante uma viagem é aproveitar o momento para andar mais neste veículo tão democrático, a bicicleta. Além de uma excelente atividade física, pedalar te ajuda a estar em contato com a cidade.

Hoje em dia é fácil encontrar locais que alugam bicicletas em pequenas cidades. E em grandes centros este serviço, além de ser bem em conta, te faz ganhar tempo e te deixa longe do stress do trânsito. Afinal, você não quer gastar as suas férias passando horas tentando encontrar uma vaga, não é mesmo?

Aprenda novos esportes

Férias tem tudo a ver com a mudança de rotina e nada melhor que coroar este momento começando um esporte novo! Se está no litoral, existem inumeras atividades que pode praticar no mar, tais como surf, stand up ou kaiaque. Procure pela praia as pranchas estendidas na areia e fale com um instrutor que deseja fazer algumas aulas.

Se a sua praia é mais a cara do mato e cidades do interior, tente escaladas, arvorismos ou slackline. Não existe desculpas, se informe nas áreas de atendimento ao turista e encontre um bom instrutor. Para aqueles que não tem nem praia nem mato, também não tem problema. Existem inúmeros esportes que também pode tentar, tais como skate, patins, bike, etc.

Quem sabe não é nessas férias que você vai encontrar uma nova paixão? E de quebra se manter em movimento. Boas férias!

Publicado em Deixe um comentário

Levantamento Terra: Saiba como fazer e quais cuidados tomar

Tempo de Leitura: 3 minutos

levantamento-terra

Há muitos exercícios de musculação que trabalham áreas específicas do corpo, mas apenas alguns trabalham com vários músculos, sendo um deles o grande e resultante levantamento terra, o qual trabalha de modo conjunto a região lombar, pernas, trapézio e glúteos.

Deve ser feito com muita cautela e precisão dos movimentos, pois caso contrário se transforma de “mocinho” em “vilão” nas academias pelo seu incrível potencial lesivo. É necessária uma postura correta e peso proporcional à capacidade do indivíduo, e qualquer erro pode causar sérias lesões nas pernas e região dorsal.

Como fazer o levantamento terra

Primeiramente, o que deve ser prioridade e de total controle da pessoa é a sua postura, sempre ereta; os glúteos devem estar empinados, de modo a encaixar os quadris, e quando ao dobrar os joelhos, o corpo ter um bom apoio para realização do exercício com sucesso.

Posicione-se diante da barra no chão, com os pés devidamente alinhados aos ombros. Antes de agachar para levantar o peso, o indivíduo deve respirar profundamente, inflando o peitoral e contraindo os músculos abdominais. Todo esse processo irá travar sua coluna e, sem arquear o corpo, está apto a levantar o peso.

Após o erguimento do peso, vá expirando o ar lentamente enquanto abaixo o peso. Lembre-se de nunca arquear as costas, nem no momento de levantamento nem na hora de descer, sempre costas eretas.

Esse exercício tem duas fases, que é a elevação e descida. Na elevação, toda a força feita deve ser focada nas pernas, e já na descida, toda a força se contém na musculatura dorsal.

As pegadas das mãos é a pegada mista, onde uma fica virada para cima e a outra para baixo, de modo que a barra não role para nenhum lado durante o levantamento. E isso também alivia a tensão nas articulações das mãos.

levantamento-terra

Benefícios do levantamento terra

Conheça as diversas vantagens que a boa execução do levantamento terra trás ao corpo e à saúde do indivíduo:

Ganhos muito rápidos de massa muscular.

Ganhos muito rápidos de força muscular, logo maior evolução nos exercícios e aumentos de peso.

– Desenvolvimento físico ou hipertrofia bem definida.

– É ótimo para definir a parte posterior do corpo, colaborando com a parte que você não tem muito contato visual no espelho.

– Colabora com sua postura, desde quando está sentado até quando está caminhando.

– Firmeza nos braços colaborando para com uma melhor coordenação motora.

– Bem estar pelos benefícios corporais e mentais.

Diferença entre levantamento terra e stiff

Muitos confundem o levantamento terra com o stiff devido a área de atuação muscular de ambos, mas vale lembrar que o stiff atinge os glúteos e os bíceps, e já o terra trabalha intensamente a região dorsal. Sendo assim, a diferença básica dos dois é amplitude dos movimentos e o fato de flexionar ou não os joelhos. Veja o stiff abaixo:

levantamento-terra

E aí, gostou? Vai tentar? Conta pra gente nos comentários.