Publicado em Deixe um comentário

O que comer para ter cabelos mais fortes e saudáveis ?

Alimentos que fortalecem unha pele e cabeloTempo de Leitura: 4 minutos

Seguir uma rotina alimentar balanceada e nutritiva não só beneficia seu corpo, como também terá cabelos mais fortes e saudáveis.

Fazer hidratação e procedimentos que cuidem das madeixas é importante, mas para que se tenha um cabelo mais brilhoso e resistente é necessário nutri-lo de dentro para fora ingerindo alimentos que fortaleçam a estrutura capilar. 

Cuidar da alimentação ajuda a regular o organismo, deixando o corpo mais forte e com uma aparência mais nova, bonita e saudável. E isso também reflete no cabelo, que é um indicativo de saúde da pessoa pois se ele ficar sem brilho, quebradiço e fraco pode ser sinal de que está faltando nutrientes na dieta. 

Para ter um cabelo nutrido e brilhoso deve-se investir em alimentos que o fortaleçam e que contenham antioxidantes para preservar e renovar as células capilares, proteínas para dar estrutura , além das vitaminas e minerais que são essenciais para a saúde das fibras. Elas vão estimular a síntese de queratina, que é a parte principal do fio, e retardar o envelhecimento e proteger dos constantes desgastes provocados por processos químicos, radiação solar, quebra e outros .. 

O que é a queratina do cabelo ?

A queratina é uma proteína composta por 15 aminoácidos, sendo um deles predominantemente a cisteína. Ela promove a impermeabilidade ajudando a reter água e nutrientes dentro das células e promove a resistência, elasticidade e espessura do fio. Ela representa aproximadamente 90% de toda a estrutura dos folículos formando uma camada protetora externa dando um aspecto brilhoso e saudável, porém quando essa camada é agredida por químicas, estresse, má alimentação, ela é rompida e se degrada deixando o cabelo fraco, quebradiço e sem vitalidade. 

A cisteína é o principal aminoácido na formação da queratina associada ao formato e ondulação do cabelo, quanto maior a quantidade de ligações químicas envolvendo a cisteína o fio tiver, mais ondulado ele será. 

Sendo assim, para que o cabelo seja forte e resistente deve-se, além dos tratamentos externos, ingerir alimentos diariamente que contenham nutrientes que aumentam e melhoram a produção de queratina, além de uma boa ingestão de água já que ela compõe cerca de 12% dessa estrutura. 

Cabelo antes e depois da queratina
Cabelo antes e depois da queratina

Quais alimentos ingerir para ter cabelos mais fortes ?

Carnes :

Proteínas são imprescindíveis no cardápio pois compõem a fibra capilar e possuem uma grande quantidade de ferro e vitaminas do complexo B que atuam como coadjuvante na formação 

da queratina. Prefira os cortes mais magros, pois a gordura em excesso aumenta a produção de radicais livres.  

Ovos : 

Rico em aminoácidos, ferro, zinco e selênio e principalmente em biotina que está associada ao crescimento do cabelo quando há problema de queda excessiva e enfraquecimento dos fios.

Peixes :

São ricos em gorduras boas como o ômega 3 e contém a vitamina B1, cálcio, fósforo, ferro e vitamina B12 que ajudam a melhorar a circulação e a oxigenação do couro cabeludo levando mais nutrientes para as células capilares. Consuma Salmão, atum, sardinha ..

Oleoginosas :

Castanha do caju e do pará, nozes, amêndoas, macadâmia, pistache .. Todas elas são ricas de gorduras poli e monoinsaturadas como os ômegas 3, 6 e 9. Elas tem função anti-inflamatória agindo na produção sebácea, tem propriedades emolientes hidratantes e proporciona resistência a oxidação e desidratação. Também é uma boa fonte de biotina e vitamina E, um importante antioxidante que ajuda a neutralizar os radicais livres e retardar o envelhecimento do s fios.

Frutas Vermelhas :

Possui potente ação antioxidante combatendo os radicias livres e o envelhecimento precoce das células. A vitamina C presente, além de ajudar na absorção do ferro, preserva a elasticidade dos fios, melhora a microcirculação do couro cabeludo e previne os danos causados pelo raios UV. Ela também está ligada a hidratação e a prevenção da queda. Consuma morango, mirtilo, cereja, amora, framboesa e jabuticaba.

pele antes e depois da queratina
pele antes e depois da queratina

Cereais Integrais :

Arroz integral, aveia, gérmen de trigo, centeio, cevada .. Eles possuem grandes concentrações de zinco e vitaminas do complexo B que favorece o crescimento e o fortalecimento dos fios. Eles ajudam no controle da oleosidade e na renovação das células capilares.

Semente de girassol e semente de abóbora :

Possuem alta concentração de vitamina E, ferro e L-lisina que ajudam a evitar a quebra e a queda de cabelo.

Vegetais verde escuros :

São ricos em diversas vitaminas como A, C, E e K e minerais como ferro, potássio, magnésio e zinco que favorecem o transporte de oxigênio pelo sangue e a formação do cabelo tornando os fios mais espessos e fortes. A vitamina A interfere na produção de sebo, o que ajuda a manter o couro cabeludo mais hidratado e saudável. 

Alguns também são fontes de enxofre que está presente nas ligações químicas das proteínas que permite que o fio se torne mais resistente.

Banana :

Rica em magnésio, auxilia na produção das proteínas que compõem os fios, além de protegê-lo e promover elasticidade.

Cenoura, abóbora e tomate :

Muito conhecidos pela sua alta concentração de vitamina A e betacaroteno, com ação antioxidante e atua no controle da produção sebácea e da oleosidade do couro cabeludo. A deficiência de betacaroteno está associada a descamação do couro cabeludo, a queda e a dificuldade do nascimento de novos fios. 

O tomate ainda possui muita água em sua composição o que o torna um grande aliado na hidratação e também tem função anti caspa diminuindo a coceira na cabeça.

Alho e Cebola :

São fontes de Cisteína, uma parte importante da composição da queratina dos fios e em quantidades adequadas garante a saúde e a vitalidade do cabelo.

Água :

Muito importante lembrar sempre de beber água e manter-se hidratado, quanto mais água beber, melhorar será a aparência de seus cabelos. Ela circula por todo o corpo levando os nutrientes para cada célula e levando embora as toxinas e resíduos indesejados. Sem ela a absorção dos nutrientes fica comprometida.

Publicado em Deixe um comentário

Óleo de Melaleuca: Descubra o produto que vai mudar sua pele!

Tempo de Leitura: 4 minutosO óleo de melaleuca ainda é pouco conhecido do grande público, mas os seus benefícios são imensos. Também conhecido como tea-tree e óleo essencial de árvore-de-chá, ele é obtido pela destilação das folhas Melaleuca alternifólia, e serve de base para vários produtos cosméticos como xampus e cremes para os cabelos. A melaleuca é de origem australiana, e possui um aroma muito semelhante ao da noz-moscada, por esse motivo também é utilizada em sessões de aromaterapia a fim de aliviar o estresse, tensão e dores musculares.

Onde comprar Óleo de Melaleuca? Quanto custa?

Você pode adquiri o Óleo de Melaleuca da marca Viva, no Site Oficial do produto. Comprando no Site Oficial você terá a garantia de que vai adquirir um produto original, já que ele é vendido diretamente pelo fabricante. A diferença desse óleo outros disponíveis no mercado é sua concentração mais alta, que faz com que seus resultados sejam mais rápidos. Para realizar a compra você deve acessar o site : Óleo essencial de melaleuca e escolher uma das formas de pagamento. O site é seguro e por isso os seus dados estarão seguros.

Quer realizar a compra agora mesmo? Clique no botão abaixo que você será redirecionado para o Site Oficial, para saber mais sobre o óleo, leia o testo até o final.

Qual o preço do produto? E as formas de pagamento?

No Site Oficial do Óleo de melaleuca você encontrará 3 opções de oferta, onde poderá adquirir 1, 3 ou 6 frascos do produto. Sendo que comprando 3 ou 6 frascos você ganha descontos e cada unidade fica mais barata. Confira as ofertas:

Para que serve o óleo de melaleuca?

Os benefícios do óleo de melaleuca são os mais variados possíveis, ele tem ação antiviróticas, antibacterianas, antissépticas, entre outras. Pode ser usado no tratamento de problemas respiratórios, e isso inclui dores na garganta, bronquite, tosse, etc., além disso:

  • Ajuda no combate de diversos vírus, como o da gripe.
  • Trata problemas de pele moderada, ajudando inclusive a remover manchas.
  • Trata fungos e micoses.
  • Melhora o estado de queimaduras, acalmando a pele.
  • Ajuda na regeneração do tecido da pele.
  • Combater a acne.

Benefícios para a pele

Usando o óleo na pele você vai:

  • Combater todos os níveis de acne;
  • Limpeza profunda, elimine sebo, células mortas e bactérias;
  • Fazer um tratamento profundo;
  • Tem efeito cicatrizante;
  • Melhora a aparência da pele;
  • Reduz poros dilatados;
  • Dar fim a manchas na pele.

Tratamento da acne

Uma pergunta muito frequente é se, o óleo de melaleuca trata a acne. A resposta é sim, ele auxilia bastante nesse processo devido ao seu alto poder de regeneração, ação antimicrobiana e antifúngica ele é capas de combater a acne e até espinhas profundas.

Como usar?

Faça a sua limpeza de pele normalmente, depois aplique de 3 a 4 gotas apenas nas áreas com acne e manchas utilizando um cotonete. Outra forma de usar o produto é misturar 1% do óleo no seu sabonete líquido para limpeza facial.

O Óleo de melaleuca Funciona? Vai mesmo combater minha acne?

Sim funciona! Já existem diversos estudos que comprovam o poder dessa planta contra acne e outros benefícios. O óleo de melaleuca da marca vivá é ainda mais eficiente por ser mais concentrado. Confira alguns os resultados de quem já usou o produto.


VEJA OUTROS RESULTADOS NO SITE OFICIAL!


O óleo de melaleuca pode ser usado no cabelo?

Muitas pessoas costumam usar as propriedades do óleo de melaleuca nos cabelos para tratar alguns problemas sérios, como a caspa, por exemplo, pois ele acaba ajudando a regenerar o couro cabeludo fazendo uma limpeza profunda na região, ajudando a melhorar o problema. Outra vantagem em aplicar o óleo de melaleuca nas madeixas é que ele ajuda também na queda capilar, pois ajuda a promover um equilíbrio na estrutura do cabelo. Uma dica caseira de uso é misturar algumas gotas do óleo em um xampu neutro.

Óleo de melaleuca nas unhas

Outro uso muito frequente do óleo de melaleuca é a sua aplicação nas unhas, pois ajuda no seu fortalecimento, auxiliando ainda no seu crescimento, ela ainda ajuda a melhorar as unhas deformadas ou que estejam com algum tipo de problema. Existem alguns produtos feitos especialmente com esse produto, pois o seu uso direto nas unhas precisa ser bem dosado.

Os usos mais frequentes no óleo de melaleuca é no tratamento da acne e também da candidíase, saiba como ele age nesses casos:

Tratamento candidíase

Pesquisas comprovam que o aparecimento da candidíase é muito mais comum do que se parece, isso significa que muitas mulheres ainda vão sofrer com esse mal. E o óleo de malaleuca ajuda a tratar a candidíase, para isso basta diluir uma quantidade do óleo em água, ou usar um produto que tenha ele como base. Porém, vale lembrar, que nesses casos mais sérios o ideal é sempre procurar um especialista antes de iniciar qualquer tratamento, pois os resultados serão melhores aproveitados.

Comprar Óleo de Melaleuca no Mercado Livre

Caso encontre ofertas desse produto no Mercado Livre, não arrisque. As chances de você comprar um produto falsificado é muito grande, pois qualquer pessoa pode vender através dessa plataforma. Usar produtos falsos em sua pele, além de causar danos, você pode agravar o seu problema de acne. Por isso não arrisque a beleza da sua pele e compre apenas no Site Oficial o Óleo de Melaleuca Vivá.

Tem interesse no produto, mas ainda tem dúvidas sobre o produto? Deixe seu comentário! Nós vamos te ajudar.

Publicado em Deixe um comentário

Água de arroz: Veja como fazer, os benefícios que ela traz e como usar!

Tempo de Leitura: 3 minutosÁgua de arroz

Muita gente não sabe, mas a água de arroz pode oferecer vários benefícios para a sua beleza e a sua saúde. Nesse artigo vamos falar sobre cada um deles e ensinar como fazer a receita.

Essa receita caseira (e barata) usa as proteínas do arroz e uma substância chamada “pitera” que é um poderoso antioxidante e que também possui efeito calmante e refrescante na pele. Ela é usada como uma pomada para reduzir pequenas inflamações cutâneas. Além disso, deixa a pele saudável e hidratada e tira manchas e eliminar espinhas.

Você também pode usar essa receita no cabelo, como as chinesas usam já há muito tempo para terem cabelos saudáveis, sedosos e compridos. Veja as informações!

Como fazer água de arroz

Antes de falar dos benefícios, vamos mostrar que a receita é muito simples e fácil. Para fazer a água de arroz você só vai precisar de 3 colheres de sopa de arroz branco e 250 ml de água.

Modo de preparo:

  • Coloque o arroz dentro de um recipiente e cubra com a água.
  • Deixe descansar durante alguns minutos. Então, mexa a mistura e assim que a água estiver esbranquiçada e leitosa, estará pronta para o uso.

Para fazer com o arroz parboilizado, você deve deixá-lo de molho por até 12 horas e depois apertar bem os grãos com um pano fino para separá-los da água e deixar descansando em temperatura ambiente antes de usar.

Água de arroz no rosto

Para usar a receita no rosto, você vai fazer a receita que demos acima, dando preferência para o arroz parboilizado. Isso porque esse tipo de arroz sofreu menos alterações químicas. Depois de fazer a aguá de arroz basta colocar na geladeira por algumas horas antes do uso. A temperatura mais fria ajuda a fechar os poros e proporciona uma sensação mais refrescante na pele.

Agite bem o recipiente e molhe um pedaço de algodão ou pano limpo e passe no rosto, fazendo movimentos circulares leves. Não precisa enxaguar.

Você pode usar a água de arroz no rosto todos os dias pela manhã e à noite, antes de dormir.

Água de arroz

Água de arroz no cabelo

As mulheres japonesas usam a água de arroz no cabelo há muito tempo. Entre os benefícios que ela pode oferecer, estão:

  • Fortalecimento dos fios;
  • Estimulação do crescimento capilar;
  • Ajuda a melhorar a saúde do couro cabeludo.

Você também pode comprar a versão industrializada da água de arroz em lojas de cosmético e farmácias, que também ajuda a dar brilho, forma aos cabelos e contribui para a saúde capilar. Esse produto é composto por óleos essenciais como lavanda (que ajuda no crescimento dos fios), argan (que deixa os fios sedosos e brilhosos e elimina os frizz) e alecrim (que combate a queda e a caspa).

Você deverá lavar o cabelo com o xampu de sua preferência e depois, com o cabelo úmido, despejar a água de arroz na raiz e nos cabelos. Deixe agir por 15 minutos e enxágüe com água fria.

O recomendado é aplicar a água de arroz no cabelo uma vez por semana.

Ajuda fazer o cabelo crescer?

Sim. Como falamos, usar a água de arroz no cabelo pode trazer vários benefícios. Um deles é fazer o cabelo crescer. Para potencializar esse efeito, vale comprar a versão industrializada, que usa óleos essenciais como a lavanda e o alecrim, que também ajudam no crescimento dos fios.

Água de arroz

Clareia a pele?

Alguns profissionais dizem que em pequenas porções a água de arroz não é capaz de clarear a pele. Algumas pessoas que usaram dizem ter visto resultados significativos já na primeira aplicação. Pra gente isso acontece, porque não existem estudos que comprovem a eficácia da água de arroz para o clareamento da pele e também porque os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

Acredita-se também que a água de arroz ajude a prevenir a formação de melanina, que causa a hiperpigmentação, quando parte da pele sofre uma alteração na sua cor, manifestada por meio de manchas escuras.

Água de arroz emagrece?

Algumas pessoas usam a água de arroz como aliada no emagrecimento. Isso porque ela auxilia na digestão e evita inchaços na barriga.

Gostou das nossas dicas sobre água de arroz? Deixe um comentário com a usa opinião!

Publicado em Deixe um comentário

Como remover pelos encravados: Descubra aqui técnicas fáceis e caseiras

Tempo de Leitura: 4 minutos

Nada mais incômodo do que aquele pelo encravado, além da dor e do inchaço ele ainda pode inflamar e trazer ainda mais preocupação. Os pelos encravados acontecem com quase todo mundo que se depila ou raspa com gilete, o que a maioria das pessoas não sabem são os métodos seguros e fáceis de fazer isso. Se for isso que você procura, veio ao lugar certo acompanhe a seguir todas as dicas sobre como remover pelos encravados.

O que é um pelo encravado?

O pelo encravado ele é bem mais comum em pessoas negras e em pessoas com o pelo mais grosso. Geralmente o foi de cabelo da pessoa negra é encaracola e mais grosso, por isso encrava com mais facilidade, mas pode acontecer com qualquer pessoa e acontece pelo menos uma vez na vida, mesmo que seu pelo não seja assim.

O pelo encravado é um pelo que não teve força suficiente para crescer, dobrou e sua ponta voltou para o folículo piloso, esse procedimento causa dor, inchaço local e muitas vezes inflamação com pus. Às vezes isso acontece bem internamente e o pelo encravado fica escondido, dando apenas pra sentir um calombo local com um incômodo.

Quais os locais mais comuns de pelo encravado?

Para quem se depila, tanto com cera quente quanto com gilete, o local mais comum são pelos encravados na virilha, nas axilas e na canela. Em outras partes como coxa, glúteos e braços, pode ocorrer também, mas são menos comuns esses casos.

Para homens que fazem a barba com frequência, com gilete ou máquina de barbear, e homens que cortam o cabelo e raspam perto da nuca, os lugares mais comuns para pelos encravados são no rosto, no pescoço e na nuca, que são lugares sensíveis e que causam bastante desconforto.

Como tirar os pelos encravados?

Ao reconhecer um pelo encravado, geralmente o local está inchado, avermelhado, sensível e em algumas vezes com um pouco de pus, devido à inflamação local, você deve primeiramente usar uma toalha quente úmida em cima do local onde está com o pelo encravado.

Aqueça uma água e molhe uma toalha, deixe no local por no mínimo 10 minutos, se esfriar, repita o processo. Isso fará com que os poros do local se abram, deixando o pelo encravado mais exposto, o que facilitará o processo de retirada.

Esfoliação

Um dos métodos mais eficazes para retirar pelos encravados é o de esfoliação, se você não tiver um esfoliante próprio para o corpo ou rosto, você pode preparar um em casa mesmo.

Você pode fazer um esfoliante caseiro feito com açúcar cristal e azeite, só misturar os dois e passar no local afetado em movimentos circulares, faça com precisão, mas sem machucar a pele, faça movimentos circulares para os dois lados, isso ajudará na expulsão do pelo. Faça o processo pelo menos duas vezes ao dia.

Se não quiser usar o esfoliante acima, pode fazer outro amassando dois ou 3 comprimidos de Tylenol e misture com um pouco de água, até que forme uma pasta, passe no local do pelo encravado com movimentos circulares fazendo a esfoliação. O Tylenol contém componentes que ajudarão o processo.

Remédios para acne

Os remédios para acne são excelentes para remover pelos encravados, porque o processo inflamatório das espinhas é muito semelhante ao do pelo encravado e por isso um serve para o outro. Use uma pomada para acne logo após fazer o tratamento de esfoliação indicado acima, a combinação dos dois com toda certeza vai resolver o seu problema.

Agulha

Esse é um método que pode ser feito em casa, mas com muita cautela, deve ser feito também sempre após a compressa de água quente, porque isso fará com que o pelo fique mais exposto e você possa observar a parte que ele está envergado.

Para usar esse método você vai precisar de uma agulha estéril onde a ponta parece um gancho, ela é própria para retirar esse tipo de pelo. Ao observar a parte do pelo que está envergada, vá nessa “alça” e puxe com a agulha que parece um gancho, mas faça isso apenas se o pelo estiver bem exposto, não vá ferir a sua pele se estiver interno. Ao puxar o pelo esse sairá facilmente. Lave o local com um sabonete antibacteriano e de preferência passe uma pomada anti-inflamatória.

Como evitar pelos encravados

Para evitar pelos encravado você deve manter a pele sempre limpa, usar giletes com 3 lâminas e de preferência uma gilete nova se for depilar a área da virilha, que é a área mais sensível do corpo, evitar usar roupas apertadas na região onde costuma aparecer pelos encravados, use loção de barbear adequada para lubrificar os fios.

É importante, após a depilação lavar a região com água fria para fechar os poros, isso evita que o pelo encrave logo depois.

Gostaram das dicas de hoje? Deixe-nos comentários!

Publicado em Deixe um comentário

Ácido glicólico: Saiba aqui todos os benefícios desse ácido para sua pele

Tempo de Leitura: 5 minutos

Mulheres estão cada vez mais vaidosas e cuidando mais da aparência, principalmente quando se trata da beleza do rosto, amenizar rugas, tirar manchas e imperfeições, clarear a pele, uniformizar a cor, renovar as células e rejuvenescer a aparência, tudo isso pode ser feito cosméticos, produtos de beleza e tratamentos com dermatologistas e o principal ingrediente que promove todos esses benefícios é o ácido glicólico.

O que é o ácido glicólico? Para que serve?

O ácido glicólico é um sólido cristalino sem cheiro, sem cor e solúvel em água, manipulado em farmácias especializadas com a finalidade de ser usado para tratamentos estéticos.

O ácido glicólico atua como um esfoliante da pele, estimula a produção de colágeno e tem também a função de clarear manhas e amenizar cicatrizes. Ele serve para promover tratamentos s estéticos principalmente do rosto e de lugares onde contém estrias.

Ao usar o ácido glicólico na pele, ele irá fazer uma escamação superficial, deixando a pele mais sensível e com a necessidade de produzir mais colágeno para criar uma pele nova, com essa esfoliação da pele ela se renova, diminui os poros, retira manchas e imperfeições e dá um aspecto de renovação no local, principalmente no rosto.

Quais são as indicações?

As indicações mais comuns para o uso do ácido glicólico são para pessoas que possuem muitas manchas no rosto de sol, de acne ou sardas, muita oleosidade na pele, poros abertos, pequenas rugas, imperfeições e tendência à ace, além de estrias.

Apenas uma consulta ao seu dermatologista, que após examinar e saber suas necessidade é que poderá dizer qual a indicação ideal para o tratamento estético para o seu rosto.

O ácido glicólico além de compor muitos cremes dermatológicos também é muito utilizado em peelings, feitos exclusivamente por dermatologistas, por causa da alta concentração do ácido usado nesses casos. Os peelings são mais eficazes e trazem resultados mais rápidos do que os cremes, você consegue eliminar manchas em um processo rápido.

Ácido glicólico

Ele pode ser usado para clareamento de manchas na pele?

Como dito anteriormente, essa é uma das principais funções do ácido glicólico, quando em contato com a pele, proporciona a sua escamação dando lugar a uma pele nova e sem manchas, independentemente de sua origem, podem ser manchas de acne, sardas, manchas de sol e etc.

Ácido glicólico da Hinode

A Hinode é uma das marcas de cosméticos e produtos de beleza mais conceituada atualmente do mercado brasileiro, trazendo sempre produtos da mais alta tecnologia para embelezar as mulheres. Como não poderia faltar na linha da Inode, há o produto NatSkin que em sua composição há 6% de ácido glicólico, que auxilia na remoção do excesso de células mortas, eliminando de forma mais rápida a camada queratinizada da pele.

O ácido glicólico da Hinode tem feito muito sucesso entre as mulheres, trazendo resultados bastante visíveis logo no segundo ou terceiro mês de uso. Vale muito a pena experimentar esse produto para ter uma pele nova, com cor uniformizada, livre de machas e linhas de expressão.

Ácido glicólico

Ácido glicólico da Adcos

A Adcos é uma empresa tradicional e uma das mais renomadas do Brasil, com produtos de primeira qualidade no mercado, todos estudados, produzidos e testados em seus laboratórios, por profissionais da área.

A Adcos é muito conhecida pelo seu poderoso protetor solar, um dos mais elogiados e indicados por dermatologistas.

Uma das linhas mais procuradas atualmente da Adcos é a Neoderm, que tem um gel/creme facial que contém 10% de ácido glicólico. Por ter essa concentração maior de ácido glicólico em sua composição, é o tipo de produto que vai trazer resultados mais eficazes e mais rápidos para a pele do seu rosto, pois esse é o máximo de porcentagem que pode ser usada sem ser através do peeling químico.

Cuidados

É importante ressaltar que quando você iniciar o seu tratamento de pele usando algum produto que contenha porcentagem de ácido glicólico é obrigatório o uso de protetor solar de fator 50 no rosto, todos os dias, e não deve esquecer de reaplicar o protetor de 4 em 4 horas. A pele do rosto em tratamento com ácido glicólico fica mais sensível, esfoliada e mais exposta aos raios nocivos do sol. Todo cuidado é necessário durante esse tempo. É recomendado por dermatologistas, evitar também exposições ao sol, como praia, piscina e práticas esportivas ao ar livre.

Outro fator importante é sempre que quiser fazer um tratamento de pele procure um bom profissional, um dermatologista de confiança que vá analisar e compreender as suas necessidades, receitando um tratamento ideal e exclusivo para o seu tipo de pele e manchas.

Lift Gold: Opção ao Ácido Glicólico

O Lift Gold é um sérum multifuncional que age impedindo a ação dos radicais livres, que são um dos principais causadores de rugas e linhas de expressão, e aumentando a produção de colágeno. Mas além disso ele traz diversos outros benefícios, como suavizar as áreas mais escuras da pele.

Diferente de um anti-idade comum o Lift Gold, previne rugas e linhas de expressão, enquanto as disfarça, já que é tonalizante e por isso cobre as imperfeições e pode ser usado junto com a maquiagem. Ele também possui o famoso Efeito Cinderela, que gera uma tensão na pele quando aplicado suavizando rugas e linhas de expressão instantaneamente. Por ser um sérum e não um creme o Lift Gold possui os componentes de forma mais concentrada, o que potencializa e acelera seus resultados. O produto ainda tem um grande poder hidratante o que contribui ainda mais para a beleza da sua pele.

Clique Aqui para saber mais sobre o Lift Gold! embalagem do lift gold

Benefícios do Lift Gold

  • Previne rugas;
  • Combate os radicais livres (causadores de rugas);
  • Reduz marcas de expressão;
  • Suaviza manchas e áreas escuras;
  • Tem efeito Cinderela de até 8 horas;
  • Hidrata a pele;
  • Devolve a maciez e elasticidade;
  • Promove firmeza;
  • Previne o envelhecimento da pele;
  • Aumenta a produção de colágeno.

comprar power mind x

Onde comprar o Lift Gold com segurança? Qual o preço do produto?

A forma mais segura e garantida de comprar o Lift Gold é através do seu Site Oficial. A venda do produto pelo site é feita diretamente pelo fabricante, por isso você sabe que está comprando um produto original e seguro. O Site também é protegido e os dados que você informar para realizar a compra vão estar completamente seguros.

Para realizar a compra do Lift Gold é muito simples! Basta você acessar o www.liftgold.com-br.com, escolher uma das ofertas disponibilizadas pelo fabricante, escolher a forma de pagamento e informar um endereço válido para entrega. Pronto! Dentro de poucos dias você vai receber o produto no local informado.

Em relação ao preço, o Lift Gold é vendido em kits. Você pode escolher comprar 1, 3 ou 5 unidade do produto. Atualmente todas as opções estão com desconto e quanto mais unidades você adquire, maior seu desconto. Para saber mais sobre o Lift Gold, seu preços ou realizar sua compra agora mesmo, clique no botão abaixo que você será redirecionado para o Site Oficial do produto.

Gostaram das dicas de hoje? Deixe-nos comentários!

Publicado em Deixe um comentário

Peeling caseiro: Conheça receitas infalíveis para tratar sua pele

Tempo de Leitura: 4 minutosJá ouviu falar no peeling de café? No peeling com aspirina? Com azeite e açúcar? Descubra aqui as receitas de peelings mais eficazes.

peeling caseiro

Se a sua vontade é eliminar manchas, ter uma pele livre de espinhas, cravos e oleosidade, uma pele sem sardas e cicatrizes, vistosa e com menos rugas, você precisa saber todas as dicas e receitas de peelings caseiros que vamos indicar hoje, pra você fazer em casa mesmo, sem a necessidade de gastar fortunas em consultórios de dermatologia. Problemas de pele simples, como esses, podem ser tratados com peelings caseiros, Veja tudo isso a seguir!

O que é um peeling caseiro?

Peeling é um tipo de esfoliação da camada superficial da pele, feita principalmente no rosto, mas existe em outras partes do corpo também. O peeling pode ser feito por substâncias químicas manipuladas ou através de produtos naturais e caseiros, como vamos falar no artigo de hoje.

O peeling caseiro ele é menos agressivo que os outros peelings feitos por dermatologistas em clínicas de estética. Os peelings químicos só podem ser manuseados por especialistas da área e o tratamento é mais intensivo, mais agressivo, porém mais eficaz também.

O peelings caseiros resolve problemas mais simples de pele, como oleosidade, marcas pequenas de espinhas, retirada de cravos, manutenção e hidratação da pele, suavização de rugas amenas, clareamento sutil da pele do rosto. Tudo isso você poderá fazer em casa mesmo com produtos que você provavelmente tem na sua cozinha.

peeling caseiro com café

Peeling com café

Essa é uma novidade de peeling que tá dando o que falar, os resultados surpreendentes dessa receitinha caseira e muito fácil que você pode preparar agora, se quiser.

Esse é um peeling “tira machas”, além de uniformizar mais o aspecto da pele do seu rosto, o peeling de café ajuda a ativar a circulação dele, esfoliar a região para tirar a pele nova e renová-la.

Ninguém imagina, mas o peeling de café é exatamente a borra do café, isso mesmo, aquele pó que sobrou no coador depois de preparar o seu cafezinho. Aquilo que você ia jogar fora vai se tornar um excelente peeling para renovar e tirar manchas da sua pele. Anota aí a receitinha!

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa da borra de café

Modo de preparo e aplicação:

  • Lave bem o seu rosto com um sabonete neutro ou um próprio para seu tipo de pele, enxágue com água morna para abrir os poros. Isso é um preparo para sua pele receber a borra de café.
  • Com movimentos circulares, vá passando com as mãos a borra de café por todo o rosto, evite movimentos fortes em regiões mais delicadas, como ao redor dos olhos, por exemplo.
  • Deixe a borra de café descansar no rosto por no máximo 1 minutos. Logo após enxágue o rosto com água corrente e retire todo o excesso.

Peeling caseiro de aspirina para clarear a pele

A primeira pergunta que provavelmente vai surgir na sua mente é: peeling com aspirina? Aquele remédio que tomamos para dor de cabeça? SIM! Esse peeling surpreende a todos que fazem seu uso contínuo, os resultados e os benefícios são visíveis nas primeiras semanas de tratamento.

A aspirina é um analgésico comum usado para dores no geral e principalmente dores de cabeça. A composição da aspirina contém muito beta hidroxiácido, que é um ingrediente usado em laboratórios de última geração que usam esse componente para fazer cremes e tratamento de pele, sua principal função é esfoliar a pele, clarear as manchas e retirar as células mortas, ou seja, uma renovação celular de toda a pele do seu rosto.

Esse é um peeling simples de fazer com ingredientes básicos. Se você se interessou e quer ter todos esses benefícios, anota aí como fazer seu peeling de aspirina.

Ingredientes:

  • 5 aspirinas
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de iogurte natural

Modo de preparo:

  1. Triture as cinco aspirinas em um recipiente, até que fique pó.
  2. Junte o mel e o iogurte na aspirina em pó.
  3. Mexa bastante até formar uma pasta homogênea.
  4. Lave bem o rosto com água morna e retire o excesso de oleosidade. Ou você pode optar também em aquecer uma toalha e deixar ela sobre o rosto por 10 minutos, para abrir os poros para receber o peeling.
  5. Seque bem o rosto e aplique a máscara feita dos 3 ingredientes. Deixe uma camada fina na pele por 20 minutos.
  6. Após o tempo determinado, retire a máscara com água morna e aplique o hidratante facial de sua preferência.

Gostaram das dicas de hoje? Você poderá também alternar os seus peelings e fazer uns com ingredientes diferentes, que têm a mesma função, clarear, esfoliar e eliminar células mortas. Para estes benefícios existem também os peelings de azeite com açúcar orgânico, peeling de aveia com iogurte, peeling de farelo de aveia com mamão e azeite e peeling de polpa de maracujá.

Veja também essa dica da Yasmin Brunet de uma esfoliação de café:

Publicado em Deixe um comentário

Óleo mineral: descubra todas as vantagens de utilizar ele!

Tempo de Leitura: 3 minutosóleo mineral

O óleo mineral muitas vezes é visto como um vilão da beleza, outras vezes como um importante aliado, e isso acaba deixando muitas pessoas na dúvida. Na verdade, ele pode ser ambos, o importante é saber como usá-lo e assim tirar proveito das suas propriedades para o bem, e isso é tão verdadeiro que ele é a base de vários cosméticos e remédios disponíveis no mercado, tanto para os cuidados corporais, como também para a pele e saúde do organismo. Porém, é muito importante fazer uso de maneira equilibrada, pois tem alto nível de gordura. Para entender melhor como ele funciona, é importante saber que ele é extraído a partir do processo de refinamento do petróleo, sendo muito usado também para controlar os mais diversos níveis da dor.

Vamos falar mais sobre o óleo mineral a seguir. Continue lendo para saber mais!

Onde comprar o óleo mineral? Quanto custa?

O óleo mineral é facilmente encontrado nas farmácias de todo Brasil e o seu valor varia entre seis e 40 reais, dependendo da marca. Porém, se você preferir, também pode comprá-lo pela internet e receber o seu pedido em casa. Nesse caso, recomendamos duas farmácias para os nossos leitores, a Araújo e a Onofre, e ambas entregam em todo o país. Clique a seguir para conferir o preço em cada uma delas.

Óleo mineral para o cabelo

Para ser utilizado nos cabelos, o óleo mineral passa por um processo de refinamento e os produtos que possuem ele como base precisam ter o aval da ANVISA. Ele tem o objetivo de formar um espécie de capa sobre os fios, ficando concentrado nas cutículas, ou seja, ele não é absorvido pelo córtex, na prática isso significa que a principal função do óleo mineral no cabelo é combater o frizz, além de dar mais peso para aqueles mais volumosos, fazendo com que eles fiquem mais controlados. Outra vantagem por ele formar essa cobertura é que o óleo mineral acaba sendo muito eficaz na hora de proteger os fios das agressões externas, inclusive das chapinhas e pranchinhas, itens muito usados atualmente.

Óleo mineral para a pele

O uso do óleo mineral na pele pode ser inserido na rotina diária de cuidados, ele pode, inclusive, ser utilizado para remover a maquiagem, proporcionado assim uma hidratação extra. Ele também serve como base em diversos produtos anti-idade, pois como nos cabelos, ele também forma uma camada protetora na pele, o que faz com que as agressões como a poeira não sejam absorvidas.

óleo mineral

Óleo mineral pode ser usado no bebê?

Entre os bebês, o óleo mineral pode ser usado de duas maneiras, como um cuidado básico para a pele delicada, não é à toa que muitos produtos infantis são feitos com esse tipo de óleo. Ele é usado em loções hidratantes, creme de fraldas, e vários outros medicamentos. Outra maneira de usar o óleo mineral nos bebês é para ajudar a regular o aparelho digestivo, mas nesse caso, é muito importante consultar um pediatra antes, pois o bebê ainda está passando por um processo de formação, logo ele é muito mais sensível do que os adultos.

Funciona como laxante?

As pessoas que sofrem com problemas de prisão de ventre sem dúvida podem tirar várias vantagens do óleo mineral, pois ele funciona como um laxante natural. Existem diversos remédios disponíveis que tem como base o óleo mineral, porém, algumas pessoas costumam usá-lo puro para acabar com esse problema de constipação, ele age diretamente no problema, dando uma dose extra de água, fazendo com que as fezes sejam expelidas mais rapidamente.

Publicado em Deixe um comentário

Óleo de Jasmim: Conheça seus benefícios e peça já o seu!

Tempo de Leitura: 3 minutosoleo-de-jasmim

Óleo de jasmim serve para que? É afrodisíaco? Quais os benefícios? Essas e outras dúvidas você tirará a seguir e saberá tudo sobre o óleo de jasmim. Não perca!

Com o sucesso das hidratações que os óleos têm proporcionado ao mundo da beleza atualmente, resolvemos fazer um artigo especial para o conhecimento de todos os nossos leitores sobre o maravilhoso óleo de jasmim, difundido e muito utilizado no oriente ainda é pouco conhecido por aqui, mas todas as suas propriedades e benefícios merecem destaque e reconhecimento. Veja a seguir a origem do óleo de jasmim, seus benefícios e usos mais comuns e como deve utilizá-lo.

O que é o óleo de jasmim? Qual sua origem e como surgiu?

O jasmim é um arbusto de pequeno porte que pode ser comparada a uma trepadeira, esse arbusto na época certado ano, principalmente na primavera, exibe toda sua exuberância em flores brancas extremamente perfumadas. Em alguns países o jasmim é conhecido por “rainha da noite” ou “luar da floresta” pelo fato das flores exalaram mais perfume no período da noite.

O óleo de jasmim é um óleo extraído de modo delicado de centenas de quilos de flores de jasmim. Atualmente existem dois tipos de extração do óleo que o torna mais acessível, antigamente sem a tecnologia de extrações atuais o óleo de jasmim era um produto muito caro, menos acessível a todos. Mais a seguir explicaremos as formas de extração desse maravilhoso óleo.

A origem do óleo de jasmim se deu através da Índia e da China. Na Índia o óleo é largamente utilizado para perfumar as mais diversas festividades tradicionais dos indianos e trazer tranquilidade. Na China, além do óleo, os chineses tem o costume de tomar muito chá de jasmim durante todo o dia.

O óleo de jasmim surgiu da curiosidade de extrair um óleo das flores da planta que já são extremamente cheirosas, o cheiro do óleo é ainda melhor e mais concentrado, por isso seu grande sucesso.

Quais os benefícios e propriedades?

Após a produção do óleo de jasmim, de sua utilização e pesquisas foram descobertas diversos benefícios além do seu perfume característico.

O óleo de jasmim contém propriedades antidepressivas e relaxantes. Ao fazer uma massagem com o óleo de jasmim ele provoca uma diminuição na ansiedade, melhorando o estado nervoso, melhorando a insônia, deixando a musculatura e o indivíduo mais relaxados e por consequência os efeitos antidepressivos.

O óleo de jasmim também possui propriedades analgésicas aliviando dores de cabeça e dores musculares, propriedades sedativas, expectorante, anti-inflamatória, cicatrizante, antisséptico, sedativo, emoliente, hidratante, parturiente, tônico.

Por ter benefícios analgésicos e calmantes o óleo de jasmim é recomendado para alívio de sintomas da TPM – tensão pré-menstrual. Melhora dores de cabeça e também cólicas.

Ótimo também para quem está sofrendo com os sintomas da menopausa e da depressão pós-parto.

Quem sofre de rouquidão, bronquite e respiração irregular o óleo de jasmim promove o alívio da tosse e dos demais sintomas referentes ao pulmão e melhora da dificuldade de respiração.

O óleo de jasmim é muito usado no meio estético, várias loções, cremes, hidratantes e gel misturam em sua composição o óleo para intensificar as propriedades hidratantes que ele proporciona, além de aumentar a elasticidade da pele.

Óleo de jasmim é afrodisíaco?

Desde a antiguidade o óleo de jasmim é conhecido pelas suas propriedades afrodisíacas, na Pérsia antiga eram espalhadas flores de jasmim por todos os haréns para estimular as mulheres e os homens.

Sua fragrância é conhecida pela deliciosa sensação de envolvimento.

O óleo de jasmim tem o poder de ser um estimulador sexual e que aumenta o número de espermatozoides, além de ajudar na melhora dos casos de frigidez e impotência.

Pode ser usado no cabelo? E no corpo?

O óleo de jasmim é um excelente hidratante tanto para o cabelo quanto para o corpo.

Ao ser usado como hidratante capilar ele beneficiará fio por fio do seu cabelo, dando brilho intenso, diminuindo o frizz e deixando o cabelo mais liso e “domado”. A umectação com o óleo de jasmim diminui o volume prolongando o alisamento químico do cabelo. Também combate o ressecamento, promovendo uma hidratação para os cabelos mais ressecados.

No corpo o óleo de jasmim é muito utilizado por massagistas e aromaterapeutas. O óleo além de ter as propriedades calmantes e relaxantes, vai hidratar sua pele profundamente com um perfume agradável. O óleo pode ser usado para qualquer tipo de pele, mas é mais recomendado para peles secas ou extremamente ressecadas.

Excelente para ser usado em áreas como cotovelos, joelhos e pés, que são as áreas do corpo que necessitam de mais hidratação constante.

O óleo de jasmim pode ser facilmente encontrado em farmácias ou em lojas de produtos naturais e de estética.

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Publicado em Deixe um comentário

Óleo de Rosa Mosqueta: Saiba tudo sobre esse poderoso óleo!

Tempo de Leitura: 4 minutosóleo de rosa mosqueta

O Óleo de Rosa Mosqueta é um produto natural que já era considerado poderoso pela sua mãe ou avó na década de 80, e está chamado a atenção da indústria cosmética por ser considerado um ótimo aliado da beleza devido aos seus diversos usos e benefícios, sobretudo para a pele, pois nutre, hidrata e tem poder cicatrizante e regenerador, amenizando manchas, estrias e rugas consideravelmente e sem causar efeitos colaterais.

Se você chegou até aqui é porque provavelmente ficou interessada em seus benefícios para a saúde e beleza, e tudo mais que o Óleo de Rosa Mosqueta pode fazer por você. Continue lendo para saber mais!

Onde comprar? Qual é o preço do Óleo de Rosa Mosqueta?

Você pode comprar este óleo em farmácias, herbanários, grandes supermercados e lojas de cosméticos, e o preço varia bastante de acordo com a marca. Fique atenta ao rótulo e compre apenas o Óleo 100% Rosa de Mosqueta, pois as versões misturadas podem não ser boas para alguns casos específicos, por causa da mistura de ingredientes, ou a falta de algum deles.

Em relação ao preço, eles variam muito de acordo com a marca, sendo que as mais tradicionais são a Epilê e a Herbarium. Em uma rápida pesquisa na internet encontramos o Óleo de Rosa Mosqueta em duas farmácias que vendem pela internet e praticam bons preços, a Araújo e a Onofre. Clique a seguir para conferir o preço em cada uma delas:

O que é o Óleo de Rosa Mosqueta?

É um óleo extraído de um arbusto chamado Rosa mosqueta, Rosa moschata ou Rosa rubiginosa, que se desenvolve em regiões de clima frio e seco, como no Mediterrâneo ou em regiões montanhosas do Chile. A planta produz um fruto oval após a queda de suas pétalas, que possui cerca de 15 a 20 sementes. Dessas sementes obtém-se um óleo bem consistente, de cor amarelo avermelhado.

Ele apresenta 80% de ácidos graxos também conhecidos como ômegas 9 e ômega 6, antioxidantes e pigmentos carotenóides como o licopeno, betacaroteno, rubixantina, e grande quantidade de vitaminas A e C. Por esses motivos, o Óleo de Rosa Mosqueta é considerado um dos mais potentes regeneradores naturais para a pele já que ele promove a reestruturação dos tecidos cutâneos, crescimento celular e também atuam como uma barreira impermeável evitando a desidratação da pele.

óleo de rosa mosqueta

Pra que serve? Quais são os seus benefícios?

A rosa mosqueta é uma grande aliada da beleza natural, e pode ser utilizada para garantir diversos tipos de benefícios:

  • Atenuar suavemente as rugas e linhas de expressão: Os agentes antioxidantes do óleo (betacaroteno, licopeno, vitamina E) conseguem amenizar o processo de envelhecimento prematuro provocado pelos raios solares do tipo ultravioleta. O óleo de rosa mosqueta é eficaz contra as rugas superficiais bem como contra as manchas senis.
  • Eliminar as estrias e regenerar a pele desde as camadas mais profundas, obtendo de novo sua flexibilidade e suavidade naturais. Se quiser obter bons resultados e reduzir realmente as estrias visíveis, você deve realizar este tratamento durante pelo menos um ou dois meses diariamente.
  • Auxiliar na cicatrização de feridas, úlceras (de pele) e abrasões, além de queimaduras: Os ácidos graxos do óleo, além de ajudarem na hidratação, promovem a redução de cicatrizes. A pró-vitamina A (betacaroteno) presente no óleo também traz benefícios ao tecido cicatrizado já que suaviza a textura e o tom da pele.
  • Dar flexibilidade e elasticidade à epiderme.
  • Fortalecer as unhas quebradiças e opacas, hidratando e nutrindo simultaneamente.
  • Manter a boa hidratação: É ideal para passar na pele ressecada ou descamando, deixando-a suave e sedosa. Passe na pele e/ou lábios rachados, e calcanhares, joelhos e cotovelos secos.
  • O uso pós sol, pois hidrata e proporciona um efeito calmante para a pele queimada, diminuindo ressecamentos e ardências.
  • Minimizar manchas causadas pela acne. No entanto, não deve ser utilizado em peles acneicas, pois sua oleosidade poderá agravar os problemas se usado em grandes concentrações. Utilize o óleo de rosa mosqueta em peles já livres de cravos e espinhas. Para tratar acnes, opte pelos óleos de semente de uvaóleo vegetal de abacate e óleo de gérmen de trigo.
  • Reduzir manchas e cicatrizes resultantes de cirurgias e marcas em geral (catapora e alergia a picada de insetos, por exemplo).
  • Clarear manchas escuras nas axilas e virilhas.
  • Ajudar a amenizar as olheiras e as bolsas sob os olhos.
  • Para hidratar os cabelos, basta aquecer cerca de uma colher do óleo (tome cuidado para não esquentar demais, ele só precisa estar um pouco mais ralo), e aplicar diretamente nos cabelos secos, evitando a raiz e massageando bem. Deixe agir por 10 minutos e lave normalmente.

Tem interesse em saber mais sobre como eliminar estrias? Clique aqui e leia mais!


Como usar o Óleo de Rosa Mosqueta?

Com o tratamento contínuo, os resultados aparecem a partir de quatro a oito semanas. Apesar de ser um produto natural e sem contra-indicações, não deve ser usado antes de exposições ao sol, pois pode manchar a pele. O mais indicado é aplicar à noite com a pele limpa e deixar agir durante toda a noite. O produto não é recomendado a pessoas com pele ou cabelos muito oleosos.

Veja também o vídeo com o relato de quem já usou o Óleo de Rosa Mosqueta!

Por hoje é isso! Se você já usou esse produto, conte pra gente nos comentários como foi a sua experiência com ele e se realmente teve os efeitos que você desejava.

Publicado em Deixe um comentário

Especial verão: Como evitar problemas de pele

Tempo de Leitura: 3 minutosO verão é a estação com maior incidência de sol e calor do ano, é também a estação que tem tudo a ver com os esportes outdoor, inclusive, indicamos alguns aqui para praticar em praias. No entanto, toda esta busca por um frescor em sua rotina e atividades físicas acaba tornando o verão a estação com maior incidência de doenças de pele. Para te ajudar a evitar os perigos que a estação traz para a pele, listamos os principais problemas causados na pele e as melhores maneiras para evitar maiores danos.

dicas-de-verao

Fitofotomelanose

A fitofotomelanose são as famosas manchas causadas pelo contato do limão com a pele exposta ao sol. O que causa a fitofotomelanose é uma reação alérgica desencadeada pela exposição ao sol da parte da pele que teve contato com algumas plantas ou frutas, como limão, laranja ou tangerina.

Para evitar estas manchas é muito simples, basta evitar o contato direto da pele com frutas ou sucos cítricos. Se não resiste aquele camarãozinho com limão, não tem problema, pode comer a vontade, mas faço isso na sombra e lave as partes que tiveram contato com o limão antes de voltar para o sol. Algumas pessoas também podem ter esta reação alérgica com outros produtos, como perfumes ou refrigerantes. Então, se não tem o conhecimento se faz parte deste grupo de pessoas, evite passar perfumes quando for à praia, ao clube ou se expor ao sol em maneira geral.

As manchas causadas pela fitofotomelanosa costumam desaparecer espontaneamente de maneira gradativa, basta manter a proteção da pele ao se expor ao sol novamente. Em alguns casos é usado produtos despigmentantes para ajudar no processo e em casos mais graves deve-se sempre buscar a orientação de um dermatologista.

Acne Solar

Caracterizados pela erupção de pequenas bolinhas avermelhadas e endurecidas com possível pus, principalmente nos ombros e nas costas, após exposição intenso destas áreas ao sol. Apesar da estética desagradável, a acne solar também é muito comum durante o verão e tende a desaparecer com o tempo de forma gradativa.

Para evitar sua manifestação, mantenha a pele sempre protegida e dê preferencia para protetores com menor teor de óleo possível, opte pelos produtos oil free tanto para proteger quanto para hidratar a sua pele após a exposição solar.

Já para seu tratamento é recomendado o uso de medicações e procedimentos comuns ao tratamento da acne vulgar, como esfoliantes e loção ou gel para secar.

Doenças causadas por fungos

Também é muito comum durante o verão a incidência de micoses, bicho geográfico e demais doenças causadas por fungos na pele. Para se ver livre destes empecilhos, tenha o cuidado de andar sempre calçado em ambientes úmidos e secar adequadamente entre os dedos dos pés e demais áreas do corpo, como virilha e unhas.

O tratamento dessas doenças depende de cada caso e gravidade, podendo variar do uso de um simples sabote até o uso de medicamentos orais. Em casos de suspeitas, procure a ajuda de um dermatologista.

E nunca se esqueça, protetor solar e a proteção que ganhamos com roupas, guarda-sol, boné e óculos são fundamentais. Evite tomar banhos de sol nos períodos de maior intensidade da luz solar e mantenha-se sempre hidratado. Mantenha o bom senso sempre em alerta e tenha um ótimo verão!