Publicado em Deixe um comentário

Yohimbe: O que é? Emagrece mesmo? Cura impotência? Veja a seguir tudo sobre!

Tempo de Leitura: 4 minutos

Yohimbe

Já ouviu falar nos benefícios poderosos do Yohimbe? Ele pode te auxiliar em diversas áreas da sua saúde. Descubra a seguir todos os seus benefícios.

Yohimbe pode ser uma palavra nova para você, mas os seus efeitos tem gerado um grande sucesso no mundo afora. Ele ainda não é autorizado pela ANVISA no Brasil, mas há diversos suplementos importados que contém esse ingrediente em sua composição. Os efeitos no organismo são diversos e sua utilização está sendo cada vez mais recomendada, principalmente para quem quer perder peso, ganhar massa muscular e até para quem quer melhorar sua vida sexual. Conheça no artigo de hoje todas as suas vantagens para a saúde.

O que é o Yohimbe?

As propriedades deste produto ainda são pouco conhecidas no Brasil. Yohimbe é uma planta originária da África do Sul e muito popular nesse país, utilizada desde muito antigamente nas tribos para curar doenças como lepra e também pelos seus poderes afrodisíacos.

Após um alemão descobrir e fazer pesquisas mais afundo sobre as propriedades afrodisíacos descobriu-se também outros benefícios ao corpo.

Yohimbe

Para que serve?

Um dos componentes do Yohimbe é a ioimbina que é um alcaloide que em contato com o nosso organismo, na corrente sanguínea, acelera o mesmo e dilata os vasos sanguíneos fazendo com que eles se expandam, em todo o corpo, inclusive no órgão genital. Por esse motivo o Yohimbe é muito utilizado por homens que possuem disfunção erétil, porque essa ação faz com que o pênis fique ereto por muito mais tempo, aumentando tanto o prazer do homem quanto de sua parceira ou parceiro.

É percebido também um aumento da libido da mulher ao fazer uso de Yohimbe, porque a circulação sanguínea também aumenta na região pélvica e do órgão sexual feminino, dando mais prazer.

O alcaloide ioimbina também promove uma excitabilidade em cada célula. Isso quer dizer que a célula aumenta muito mais o seu gasto de energia, favorecendo assim a perda de calorias nas atividades normais do dia a dia e consequentemente a perda de peso.

Além desses benefícios citados nos tópicos anteriores os componentes da Yohimbe também tem a função de favorecer o processo de queima da gordura localizada.

Yohimbe melhora a circulação sanguínea, ajuda na disfunção erétil masculina, faz emagrecer, queimar gordura localizada e ainda diminui o apetite por até 20 horas consecutivas. Ou seja, além de perder peso, diminuir a gordura corporal, você ainda sente menos fome e menos vontade de comer a qualquer hora do dia.

Quais são as indicações?

As principais indicações do uso de Yohimbe são para pessoas que precisam aumentar o fluxo sanguíneo, sofrem de problemas sexuais ligados à ereção, precisam perder peso, não conseguem perder a gordura localizada que é a mais difícil e também quem sente fome fora de hora.

Pessoas obesas que já tentaram diversas dietas e programas de exercícios físicos e nunca obtiveram os resultados pretendidos podem consultar o seu médico e ver a possibilidade de iniciar um tratamento com Yohimbe.

Qualquer pessoa pode tomar?

Não, na verdade o uso do Yohimbe é limitado para algumas pessoas. Crianças, grávidas e lactantes não são recomendadas a ingerir suplementos que contenham Yohimbe.

Pessoas que possuem:

  • hipertensão
  • pressão baixa
  • problemas de coração
  • complicações hepáticas
  • problemas de rins
  • disfunção da tireoide
  • diabetes
  • pessoas que sofrem de problemas estomacais
  • úlceras
  • depressivos em tratamento
  • usuários de inibidores de MAO

Não devem fazer o uso de Yohimbe.

Existem efeitos colaterais?

Sim, alguns efeitos colaterais são comuns nas pessoas que tomam Yohimbe, os principais são:

  • Dor de cabeça
  • Enxaqueca
  • Dores no estômago
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Tremores
  • Insônia,
  • Ansiedade
  • Tonturas
  • Reações alérgicas
  • Edemas

Yohimbe

Existem também os efeitos colaterais mais raros e mais graves que são:

  • Taquicardia
  • Falta de ar
  • Paralisia
  • Convulsões
  • Aumento da pressão arterial
  • Insuficiência renal
  • Ataques cardíacos
  • Queda muito grande da pressão arterial
  • Desmaios
  • Morte

É extremamente importante que ao sentir alguns dos sintomas descritos você procure imediatamente o seu médico para análise e exames e suspender o uso do Yohimbe.

Vale ressaltar que, primeiramente, antes de fazer o uso de Yohimbe ou qualquer outro medicamento ou suplemento, você deve consultar o médico sobre seus efeitos e saber se o seu organismo está apto a esse tratamento.

Como tomar?

Há duas maneiras de tomar o Yohimbe, na forma de chá ou pode escolher as cápsulas.

Para fazer o chá você vai utilizar as folhas da planta em sua forma natural. Prepare uma xícara de chá de água quase fervente, adicione duas colheres de Yohimbe e deixe em infusão por 10 minutos. Depois disso coe e pode tomar o chã com uma rodela de limão ou adoçar com mel, para obter um sabor mais agradável.

Existe também o Yohimbe na forma de cápsulas. Geralmente na composição de algum suplemento para ganhar massa magra, o mais indicado é tomar pela manhã ou 30 minutos antes da atividade física.

Gostaram dessa novidade? Para dúvidas deixe-nos comentários.

Publicado em Deixe um comentário

Óleo de Rosa Mosqueta: Saiba tudo sobre esse poderoso óleo!

Tempo de Leitura: 4 minutos

óleo de rosa mosqueta

O Óleo de Rosa Mosqueta é um produto natural que já era considerado poderoso pela sua mãe ou avó na década de 80, e está chamado a atenção da indústria cosmética por ser considerado um ótimo aliado da beleza devido aos seus diversos usos e benefícios, sobretudo para a pele, pois nutre, hidrata e tem poder cicatrizante e regenerador, amenizando manchas, estrias e rugas consideravelmente e sem causar efeitos colaterais.

Se você chegou até aqui é porque provavelmente ficou interessada em seus benefícios para a saúde e beleza, e tudo mais que o Óleo de Rosa Mosqueta pode fazer por você. Continue lendo para saber mais!

Onde comprar? Qual é o preço do Óleo de Rosa Mosqueta?

Você pode comprar este óleo em farmácias, herbanários, grandes supermercados e lojas de cosméticos, e o preço varia bastante de acordo com a marca. Fique atenta ao rótulo e compre apenas o Óleo 100% Rosa de Mosqueta, pois as versões misturadas podem não ser boas para alguns casos específicos, por causa da mistura de ingredientes, ou a falta de algum deles.

Em relação ao preço, eles variam muito de acordo com a marca, sendo que as mais tradicionais são a Epilê e a Herbarium. Em uma rápida pesquisa na internet encontramos o Óleo de Rosa Mosqueta em duas farmácias que vendem pela internet e praticam bons preços, a Araújo e a Onofre. Clique a seguir para conferir o preço em cada uma delas:

O que é o Óleo de Rosa Mosqueta?

É um óleo extraído de um arbusto chamado Rosa mosqueta, Rosa moschata ou Rosa rubiginosa, que se desenvolve em regiões de clima frio e seco, como no Mediterrâneo ou em regiões montanhosas do Chile. A planta produz um fruto oval após a queda de suas pétalas, que possui cerca de 15 a 20 sementes. Dessas sementes obtém-se um óleo bem consistente, de cor amarelo avermelhado.

Ele apresenta 80% de ácidos graxos também conhecidos como ômegas 9 e ômega 6, antioxidantes e pigmentos carotenóides como o licopeno, betacaroteno, rubixantina, e grande quantidade de vitaminas A e C. Por esses motivos, o Óleo de Rosa Mosqueta é considerado um dos mais potentes regeneradores naturais para a pele já que ele promove a reestruturação dos tecidos cutâneos, crescimento celular e também atuam como uma barreira impermeável evitando a desidratação da pele.

óleo de rosa mosqueta

Pra que serve? Quais são os seus benefícios?

A rosa mosqueta é uma grande aliada da beleza natural, e pode ser utilizada para garantir diversos tipos de benefícios:

  • Atenuar suavemente as rugas e linhas de expressão: Os agentes antioxidantes do óleo (betacaroteno, licopeno, vitamina E) conseguem amenizar o processo de envelhecimento prematuro provocado pelos raios solares do tipo ultravioleta. O óleo de rosa mosqueta é eficaz contra as rugas superficiais bem como contra as manchas senis.
  • Eliminar as estrias e regenerar a pele desde as camadas mais profundas, obtendo de novo sua flexibilidade e suavidade naturais. Se quiser obter bons resultados e reduzir realmente as estrias visíveis, você deve realizar este tratamento durante pelo menos um ou dois meses diariamente.
  • Auxiliar na cicatrização de feridas, úlceras (de pele) e abrasões, além de queimaduras: Os ácidos graxos do óleo, além de ajudarem na hidratação, promovem a redução de cicatrizes. A pró-vitamina A (betacaroteno) presente no óleo também traz benefícios ao tecido cicatrizado já que suaviza a textura e o tom da pele.
  • Dar flexibilidade e elasticidade à epiderme.
  • Fortalecer as unhas quebradiças e opacas, hidratando e nutrindo simultaneamente.
  • Manter a boa hidratação: É ideal para passar na pele ressecada ou descamando, deixando-a suave e sedosa. Passe na pele e/ou lábios rachados, e calcanhares, joelhos e cotovelos secos.
  • O uso pós sol, pois hidrata e proporciona um efeito calmante para a pele queimada, diminuindo ressecamentos e ardências.
  • Minimizar manchas causadas pela acne. No entanto, não deve ser utilizado em peles acneicas, pois sua oleosidade poderá agravar os problemas se usado em grandes concentrações. Utilize o óleo de rosa mosqueta em peles já livres de cravos e espinhas. Para tratar acnes, opte pelos óleos de semente de uvaóleo vegetal de abacate e óleo de gérmen de trigo.
  • Reduzir manchas e cicatrizes resultantes de cirurgias e marcas em geral (catapora e alergia a picada de insetos, por exemplo).
  • Clarear manchas escuras nas axilas e virilhas.
  • Ajudar a amenizar as olheiras e as bolsas sob os olhos.
  • Para hidratar os cabelos, basta aquecer cerca de uma colher do óleo (tome cuidado para não esquentar demais, ele só precisa estar um pouco mais ralo), e aplicar diretamente nos cabelos secos, evitando a raiz e massageando bem. Deixe agir por 10 minutos e lave normalmente.

Tem interesse em saber mais sobre como eliminar estrias? Clique aqui e leia mais!


Como usar o Óleo de Rosa Mosqueta?

Com o tratamento contínuo, os resultados aparecem a partir de quatro a oito semanas. Apesar de ser um produto natural e sem contra-indicações, não deve ser usado antes de exposições ao sol, pois pode manchar a pele. O mais indicado é aplicar à noite com a pele limpa e deixar agir durante toda a noite. O produto não é recomendado a pessoas com pele ou cabelos muito oleosos.

Veja também o vídeo com o relato de quem já usou o Óleo de Rosa Mosqueta!

Por hoje é isso! Se você já usou esse produto, conte pra gente nos comentários como foi a sua experiência com ele e se realmente teve os efeitos que você desejava.